Brasileira é encontrada morta nos EUA

0
1007

Ana Elisa Toledo foi esfaqueada pelo namorado

Ambos faziam intercâmbio: ela era do Brasil e ele era da República Checa. Eles se conheceram e se apaixonaram em Denver, mas aconteceu algo terrível.

Ana Elisa Toledo, de São Paulo, foi esfaqueada na terça-feira pela manhã (12/13) na casa onde estava hospedada em Denver, capital do Colorado, e veio a falecer.

Seu ex-namorado, Martin Novotny, chamou a polícia e confessou o crime. Ele se entregou para a polícia porque achou que não poderia fugir.

Tatiana, uma brasileira que trabalha como baby-sitter, disse que Ana Elisa, sua melhor amiga, era uma mulher cheia de vida que pensava em estudar relações internacionais. Ela revelou que Ana separou-se de Novotny porque ele era “frio e não era o homem certo para ela.”

Numa comunicação pela Internet, Ana Elisa, de 24 anos, disse a Novotny o quanto o amava em inglês, português e em alemão. Fotografias dos dois em suas Web pages mostravam um casal bonito que gostava de viajar pelos Estados Unidos.

Em 6 de junho, Novotny escreveu para sua namorada: “Apenas queria dizer a você o quanto te amo… o quanto sinto saudade de você a cada segundo quando você não está perto de mim, e dizer que estar com você é como um sonho tornando-se realidade.” O sonho de Novotny foi desfeito quando o casal se separou há algumas semanas.

” Novotny disse que namorava com a vítima a mais de um ano, e que haviam se separado outras vezes, mas sempre faziam as pazes no dia seguinte”, afirmou o detetive Shane Webster. “Ele disse que não poderia imaginá-la com outra pessoa e por isto cometeu o crime.”

Novotny disse aos policiais que foi à casa de Ana Elisa com uma faca e entrou pela janela do porão. Quando ela despertou, ele a esfaqueou. A brasileira começou a gritar, então ele cobriu seu rosto com um travesseiro e continuou a esfaqueá-la. Novotny disse à polícia que voltou para seu apartamento e tomou um banho. Ele pôs a faca e suas roupas num saco plástico e jogou numa lata de lixo.

A polícia encontrou o corpo de Ana Elisa na casa. A família com quem morava estava em casa no momento do crime. Ninguém mais ficou ferido. Os detetives descobriram mais tarde o saco de lixo com a faca e a roupa ensangüentada.

Novotny foi preso sob suspeita de assassinato deliberado em primeiro grau. Tatiana espera que ele pegue prisão perpétua. O problema agora é levar seu corpo para o Brasil, porque a família de Ana Elisa, que é de Santo André, em São Paulo, não tem dinheiro para trazer seu corpo para casa, comentou Tatiana.

A Web page de Novotny foi inundada na quarta-feira (14/12) por amigos de Ana Elisa expressando a raiva por causa do assassinato. “Você estará na prisão, mas se tiver a oportunidade de ler isto, apenas leia o depoimento dela, dizendo que você é a melhor pessoa do mundo e estava agradecendo a Deus por ter te encontrado”, escreveu Ingrid Ajaime-Friedenberg, amiga de Ana Elisa. “… Isto estará em sua mente, estará com você para sempre.”