Brasileira encontra no lixo passaportes de turistas vítimas de furto na Flórida

Jornalista devolveu os documentos na quarta-feira (7); turistas tiveram carro arrombado e quatro malas com documentos e pertences levados

0
1299

A jornalista Miriam Andrade, natural do Rio de Janeiro (RJ) e com mais de 20 anos de EUA, estava passeando pela orla da praia de Hollywood Beach (FL) com seu cachorro como faz todos os dias na tarde de terça-feira (6). Ao chegar ao final da praia, ela abriu uma lata de lixo para jogar os dejetos do animal, quando se deparou com duas bolsas semiabertas.

Ela viu que tinham passaportes em uma das bolsas e pegou para conferir, qual não foi sua surpresa, eram sete passaportes brasileiros e uma certidão de nascimento original. “Eu logo identifiquei que eram passaportes brasileiros porque renovei o meu faz pouco tempo. Não chamei a polícia porque imaginei que seria mais demorado, então acionei as comunidades no Facebook e, poucos minutos depois da postagem, meu telefone começou a tocar. Logo, logo, encontraram os donos dos documentos que entraram em contato e vieram buscar. Foi um milagre”, disse a jornalista. “Todas as manhãs eu rezo para os anjos, e acho que desta vez eu fui o anjo desta família conterrânea”, completou Miriam.

A família de Rodrigo Collaro, natural de Caxias do Sul (RS) e que estava passando férias no sul da Flórida, foi vítima de um furto na praia de Hollywood. Eles – esposa, filha, sobrinha e cunhados – deixaram os pertences no carro para um rápido passeio na cidade e tiveram o carro alugado arrombado e quatro malas levadas com documentos, cerca de $2 mil dólares e dezenas de outros objetos. Os ladrões levaram dinheiro, laptop, máquina fotográfica, roupas, passaportes, cartões de crédito e débito, documentos, as chaves dos carros que estão no aeroporto em Porto Alegre, vouchers dos ingressos da Disney, carregadores de celulares, entre outros objetos.

“Por ser agente de intercâmbio, tentei ser o mais racional possível. Chamamos a polícia, registramos a ocorrência, cancelei o cartão de crédito roubado e entrei em contato com o Consulado para saber como proceder”, explicou Rodrigo. “Já tínhamos desistido de encontrar os documentos e iríamos ao Consulado pegar autorização para viagem. Foi muita sorte”. Ele foi buscar os documentos com Miriam na quarta-feira (7) e disse que não tinha como agradecê-la.

“Minha maior felicidade foi ter podido ajuda-los porque sei o sufoco que é para tirar um novo documento”, completou Miriam que recebeu da família $27 de recompensa e alguns presentes.

Turistas devem ficar atentos
No ano de 2014, chegaram ao conhecimento do Consulado-Geral de Miami, 398 ocorrências de furtos, envolvendo 763 brasileiros. Foram relatados, ainda, dois casos de roubo à mão armada com quatro vítimas. O número é bem maior que o registrado em 2013 quando foram registrados 224 casos de furtos (410 pessoas); em 2012, 117 casos e em 2011, 126.

O arrombamento de veículos é a ocorrência mais frequente: em 2014, foram 207 casos (52%), com 454 vítimas (60%). São comuns as ocorrências em que cidadãos brasileiros têm furtados seus pertences deixados dentro de veículos de aluguel, estacionados ao ar livre ou em estacionamentos pagos.

Outro caso recorrente é o furto de bolsas e mochilas em centros de compras, lojas, mercados e restaurantes. Foram registrados 15 casos (4%) no interior de apartamentos de hotéis, envolvendo 24 brasileiros (3%).

Os dados sobre as cidades onde ocorreram os casos registrados no Consulado-Geral em 2014 são os seguintes: Miami, 122 ocorrências (31%); Orlando, 117 (29%); Miami Beach, 45 (11%); Sunrise, 23 (6%); Doral, 20 (5%); Aventura, 12 (3%); e outras localidades, 61 (15%).

Os números de furtos registrados indicam que a incidência é pequena diante do volume absoluto de visitantes brasileiros na Flórida–que são: 1,8 milhão de turistas brasileiros em 2013; 1,6 milhão em 2012; e 1,5 milhão em 2011, segundo dados da “Visit Florida”–organização de natureza público-privada vinculada ao governo estadual.

Para qualquer tipo de emergência, os contatos do Consulado-Geral são: (305) 285-6200, (305) 285-6229. Nos fins de semana, feriados e fora do horário de expediente, o Consulado mantém serviço de plantão, exclusivamente, para os casos de comprovada emergência (falecimento, hospitalização e prisão), por meio do telefone (305) 801-6201 ou pelo email cg.miami@itamaraty.gov.br.