Brasileira que participou da invasão ao Capitólio é presa em Illinois

Letícia Vilhena Ferreira disse que embarcou para Washington D.C. no dia 6 de janeiro para acompanhar o discurso do ex-presidente Donald Trump, e seguiu a multidão até o prédio do Congresso para "tirar fotos"

0
2057
Letícia Ferreira e outros apoiadores de Donald Trump flagrados pelas câmeras no interior do Capitólio (foto: U.S. Justice Dep.)

A brasileira Letícia Vilhena Ferreira, 32, que participou dos ataques ao Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021 foi presa nesta quarta-feira (16) em Indian Head Park, Illinois. Ela foi flagrada dentro da sede do Congresso americano e, segundo informações do U.S. Justice Department, estava na mira das autoridades desde o ano passado. Em depoimento prestado em abril de 2021, Letícia disse que foi a Washington D.C. acompanhar o discurso do ex-presidente Donald Trump. Na ocasião, o republicano alegou ter sido vítima de fraude na eleição vencida por Joe Biden -algo que jamais foi comprovado- e incitou seus apoiadores a interromperem a sessão de confirmação da vitória do seu oponente. De acordo com a brasileira, ela seguiu a multidão até o interior do Capitólio para “tirar algumas fotos”. Os investigadores obtiveram mensagens enviadas por Letícia a outra pessoa no dia seguinte à invasão, em que ela diz: “Você acha que eles vão atrás de todos que estiveram no Capitólio?” A pessoa respondeu: “Esteja preparada. Estamos todos f****d@s.” A brasileira retrucou: “Eu sou tão irresponsável. Ontem foi incrível”.

Ela enfrenta acusações por obstrução de processo; entrar e permanecer em local restrito; e conduta desordeira e perturbadora durante uma sessão do Congresso americano. A sentença final será dada durante uma audiência com um juiz marcada para o próximo dia 22 de fevereiro. Mais de 725 pessoas já foram presas e indiciadas, mas o FBI acredita que até duas mil possam estar envolvidas. Pelo menos outros dois brasileiros – Eliel Rosa, de 53 anos, e Samuel Camargo,  também respondem na Justiça por envolvimento no evento que deixou 5 mortos, incluindo 1 policial, e diversos feridos.