Brasileiras vencem prêmio da ONU Mulheres em quatro categorias 

Prêmio Rise and Raise Others elege quatro brasileiras por atuação em frentes de empoderamento feminino

0
598
Carmela Borst, Carolina Videira, Marienne Coutinho e Regina Markus (Foto: Divulgação)
Carmela Borst, Carolina Videira, Marienne Coutinho e Regina Markus (Foto: Divulgação)

As quatros brasileiras que foram indicadas para o prêmio Rise and Raise Others, da divisão Mulheres da Organização das Nações Unidas (ONU), venceram em suas respectivas categorias. A cerimônia aconteceu na quarta-feira (26), na Califórnia, e destacou o trabalho de mulheres de todo o mundo atuando em frentes de empoderamento feminino. Foram premiadas Carmelas Borst, fundadora da SoulCode Academy, Carolina Videira, da ONG Turma do Jiló, Regina Markus, pesquisadora e Professora Emérita do Instituto de Ciências Biológicas da USP e Marienne Coutinho, sócia da consultoria KPMG e cofundadora do Conselheiras 101. Elas foram eleitas em categorias distintas: Carmela em Educação, Carolina em Redução de Desigualdades, Regina em Saúde e Bem-estar e Marienne em Equidade de Gênero.

A escolha foi feita a partir de júri e votação popular no site da ONU Mulheres e considerou 17 ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), estabelecidos pelas Nações Unidas.

“Esse prêmio é sobre quatro mulheres brasileiras que trabalham a inclusão e diversidade para milhares de invisíveis que precisam apenas de uma oportunidade”, declarou Carmela, da SoulCode Academy, que combate o desemprego por meio da educação em tecnologia.

Além das brasileiras, foram premiadas mulheres dos Estados Unidos, Índia, Nepal, Polônia e Nigéria. A ONU Mulheres tem entre seus principais propósitos aumentar a conscientização sobre os direitos das mulheres, defendendo a igualdade de gênero e o empoderamento econômico feminino em âmbito global.