Brasileiro de Newark é preso acusado de violência doméstica contra grávida

Agressões acabaram resultando na morte do feto

0
1654
Joanisson de Souza
Joanisson de Souza

O brasileiro Joanisson de Souza, de 31 anos, que mora em Newark (NJ), passou a virada do ano acertando suas contas com a polícia. Ele foi detido após supostamente ter agredido uma mulher grávida, fazendo com que ela entrasse em trabalho de parto e perdesse o bebê. Joanisson foi acusado de violência doméstica, agressão com agravantes e uso ilegal de arma.

A mulher acabou dando à luz prematuramente, o que causou a morte do feto, num hospital universitário da região. O brasileiro, que ficou foragido por um dia e só foi encontrado numa cidade vizinha graças a denúncia anônima, não enfrenta a acusação de homicídio porque New Jersey é um dos 12 estados americanos que não possui lei específica para homicídio fetal – apesar de o projeto já ter sido apresentado.