Brasileiro morador de North Carolina morre no Iraque

O carioca Felipe Carvalho tinha 22 anos e defendia o exército dos EUA

0
1069

DA REDAÇÃO – A Guerra do Iraque registrou mais uma baixa neste final de semana, mas essa atingiu diretamente a comunidade brasileira. Trata-se do carioca Felipe Carvalho Barbosa, de 22 anos, que era fuzileiro naval da Americana.

Felipe morreu na sexta-feira (dia28), quando voltava de um confronto em Fallujah, no Iraque. Ele fazia parte de um comboio e o caminhão onde viajava passou por cima de uma mina, que capotou após a explosão. O corpo do brasileiro deve chegar nos EUA na próxima sexta-feira.

Felipe morava em North Carolina desde 1994. Segundo o pai, Robson de Lima Barbosa, ele sempre dizia que queria ser militar. Quando se alistou ao exército desejava atuar na caçada a Saddan Hussein.

Felipe foi para o Iraque em outubro e deveria voltar para os Estados Unidos em março. Há 15 dias, um amigo dele foi morto em combate na sua frente. Poucos dias antes havia ligado para a família e pedido oração, alegando que “a coisa estava feia” por lá.