Brasileiro é preso em Miami acusado de roubo e fraude

Estefano Dall Anese Borlotti, do ABC Paulista, teria participado de esquema que retirou indevidamente mais de 111 mil dólares de caixas eletrônicos

0
9422
Estefano tem ainda uma ordem de detenção do ICE em seu nome (Foto: Miami Dade County Corrections)
Estefano tem ainda uma ordem de detenção do ICE em seu nome (Foto: Miami Dade County Corrections)

O brasileiro Estefano Dall Anese Borlotti está atrás das grades, em Miami, sob a acusação de ter participado de um esquema fraudulento de cartões de crédito no estado de New Hampshire, que faturou mais de 111 mil dólares. Natural do ABC Paulista, ele tem fiança estipulada em $ 22.500 dólares e ainda uma ordem de detenção da polícia de imigração em seu nome.

Estefano foi denunciado pelo agente federal Timothy Benitez, que vinha investigando o caso há meses. De acordo com o boletim de ocorrência policial, o brasileiro lançou mão de uma fraude comum no sistema bancário para sacar dinheiro em agências do Federal Savings Bank nas cidades de Barrington, Dover, Durham, Portsmouth e Rochester, entre abril e maio deste ano: a retirada foi possível graças a dados bancários roubados de cartões-presente do Dunkin’ Donuts.

O dinheiro foi então depositado em contas do TD Bank, em Massachusetts. A prisão de Estefano ocorreu depois do acesso às imagens obtidas do caixa eletrônico de uma das agências em New Hampshire. Pelo vídeo, a polícia identificou os carros usados pelo brasileiro e um comparsa, que foram alugados em Boston (Massachusetts). Este outro suspeito foi apresentado apenas pelas iniciais D.S. e ainda está foragido.

Estefano Borlotti já ocupou cargo de confiança no gabinete da vice-presidência na Câmara Municipal de São Paulo.