Brasileiro é preso na FL acusado de transformar casa em consultório dentário clandestino

0
4325

DIVULGAÇÃO
Brasileiro é preso na FL acusado de transformar casa em consultório dentário clandestino

Bráulio Garcia Tanuma, de 32 anos

O dentista brasilleiro Bráulio Garcia Tanuma, de 32 anos, foi preso por atividade ilegal da profissão nos Estados Unidos na cidade de Fort Pierce (FL). A prisão de Bráulio ocorreu quando agentes do Departamento de Imigração (ICE) procuravam por Solange Nassimbeni que estava sendo acusada de tráfico de pessoas. Enquanto estavam no local, os agentes encontraram um cômodo repleto de equipamentos odontológicos, segundo o canal de TV WP5 da ABC.

Os investigadores detalharam que encontraram no local uma cadeira de dentista, máquina de raios X, remédios, agulhas, seringas, compressor de ar, o analgésico Lidocaína, assim como contas e arquivos de pacientes. O proprietário do consultório clandestino, disse aos detetives que ele possuía licença para praticar Odontologia no Brasil, mas não nos Estados Unidos. Ele acrescentou que trabalhava há uma semana e que todos os seus pacientes pagavam em dinheiro por seus serviços.

O brasileiro disse aos investigadores que ele contrabandeou lidocaína e outros remédios controlados durante duas viagens aos EUA. As autoridades do Condado de St. Lucie acusaram Bráulio de posse ilegal de remédios controlados e por operar um consultório dentário clandestino. Ele estava sendo procurado e já havia sido preso pelas autoridades federais em outra ocasião.

Segundo o site do xerife do Condado de St. Lucie, Tumana estava sendo procurado pela suspeita de tráfico humano, quando os agentes descobriram o consultório dentário ilegal, detalhou o Xerife Ken J. Mascara.

“Os nossos detetives prenderam Bráulio Garcia Tanuma, de 32 anos, por praticar Odontologia sem licença e posse ilegal de remédios controlados”, disse Ken. “Ele foi levado para a penitenciária na quarta-feira (29) e liberado depois de pagar a fiança de $4.500 na quinta-feira (30)”.

O brasileiro admitiu que não possuía licença para praticar a profissão nos EUA e alegou ser dentista no Brasil. Ele tinha pacientes agendados para os próximos dias e portava $ 4.515 em dinheiro.

Os detetives confiscaram os equipamentos de Bráulio, remédios, arquivos e dinheiro e o levaram para a penitenciária do Condado de St. Lucie, informou Ken. No site LinkedIn, está postado que Tanuma é proprietário da clínica odontológica Bom Jesus, em Governador Valadares (MG).