Brasileiro é suspeito de matar filha em Massachusetts

Crime ocorreu no dia 3 de julho na porta da casa da jovem que levou nove tiros

0
9330
Sabrina foi assassinada a sangue frio
Sabrina foi assassinada a sangue frio

O brasileiro Walter da Silva, 45 anos, foi preso com a suspeita de ser o assassino de sua filha Sabrina da Silva, 19 anos, morta com nove tiros em frente ao seu condomínio localizado em New Bedford, MA, no dia 3 de julho.

Vizinhos disseram que Sabrina, mãe de uma menina de 2 anos, estaria voltando das compras com sua mãe quando foi abordada no estacionamento por um homem mascarado e, logo após uma discussão, teria sido baleada. Ela morreu ao dar entrada no hospital local.

De acordo com a FOX 25, Walter foi preso pelo US Marshalls, pois havia um pedido pendente de prisão contra ele, relacionado a um outro crime de agressão e tentativa de homicídio cometido em 2002.

Ele estava trabalhando em uma construção em Fairfield, Connecticut, quando em seu horário de almoço foi abordado pelos policiais. Veja o vídeo do momento da prisão abaixo.

Relembre o caso

Sabrina, a mãe e a filha estavam retornando do supermercado quando a jovem foi assassinada. Segundo as informações policiais, o crime aconteceu em frente à casa da vítima. No local, amigos montaram um pequeno memorial à lembrança de Sabrina. “Ela era um anjo aqui na terra e agora ela é um anjo no Céu”, disse a irmã, Kathy Carrancho.

A família também informou que Sabrina tinha uma filha de dois anos. Eles viviam em um complexo de apartamentos com a mãe da vítima, Lilian Silva, que disse que sua filha era uma menina cheia de vida, gostava de dançar e fazer amigos. “Ela estava na faculdade para tentar pós-graduação, para conseguir um bom emprego, um bom futuro”, disse. “Isto é como um pesadelo para mim”, disse na época.

Quando aconteceu o crime, a polícia não confirmou se havia algum suspeito.  “Meu anjo de irmã, Sabrina, ela merece justiça”, acrescentou Kathy. “Nós não temos ideia do que teria levado o assassino a cometer este crime. Nós não temos nenhuma ideia de quem poderia ter sido”, continuou. Com informações do Brazilian Times.