Brasileiro procurado por assassinato em Goiás é deportado pelo ICE

Homem morava na Filadélfia, foi deportado na terça-feira (22) e entregue às autoridades brasileiras

0
3102
Varley Ramos foi deportado para o Brasil
Varley Ramos foi deportado para o Brasil

O U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) deportou para o Brasil, na terça-feira (22), Varley Ramos Costa, de 53 anos, acusado de ser o mandante de um assassinato em Goiânia em 2005.

Segundo comunicado divulgado pelo ICE, Varley entrou nos Estados Unidos de forma ilegal, não sendo interceptado por nenhum agente na entrada, e vivia na Filadélfia. O ICE trabalhou em parceria com a polícia brasileira que informou que Costa tinha um mandado de prisão expedido em seu nome.

Ele foi preso no dia 25 de maio de 2017 na porta da sua casa por agentes do ICE. Um juiz ordenou que Costa fosse removido dos EUA no dia 21 de setembro, mas o processo se arrastou até agora, devido aos recursos impetrados por advogados do brasileiro.

Assim que chegou ao Brasil, Costa foi entregue às autoridades policiais brasileiras.

Segundo documentos da Justiça do Brasil, o brasileiro é acusado de ser mandante do assassinato de Luciano Carvalho Couto e pela tentativa de homicídio de João Pereira Couto. O crime teria acontecido em frente à casa da vítima, que foi alvejada por diversos tiros disparados por um homem que estava em uma motocicleta. O pai de Luciano tentou defender o filho e acabou sendo atingido, mas não morreu.

O arquivo judicial mostra que a motivação do crime foi passional, já que a esposa do acusado estaria tendo um caso com a vítima.