Brasileiros deixam seus recados para as mães e filhos nesta data especial

0
2158
Renata Rositer com sua mãe Virgilina Lagares
Renata Rositer com sua mãe Virgilina Lagares

Viver em outro País não é tarefa fácil e viver em outro País longe dos filhos é ainda mais complicado. Neste domingo (8) quando é comemorado o Dia das Mães veja as histórias e homenagens de mães que vivem no sul da Flórida, outras que vivem longe de seus filhos e de filhos que vivem longe de suas mães.

Veja abaixo depoimentos dos leitores.

Giovanna Cavalcanti e seus filhos
Giovanna Cavalcanti e seus filhos

Giovanna Cavalcanti

“Tenho um casal de filhos (18 e 14).  Minha história é muito linda, penso até em transformá-la num livro de drama, ação e muita comédia.  Tive minha primeira filha quando estava concluindo o 2o grau, aos 17 anos. Desde então assumi grandes responsabilidades, “sozinha”, são muitos detalhes até eu engravidar do segundo filho.   Meu menino nasceu com uma doença rara, sem cura até hoje (Neurofibromatose, NF1).  A luta não parava, dois filhos (mãe solteira e sem pensão, outra capítulo gigante para o livro). Sou jornalista, trabalhei em duas emissoras de TV na em Fortaleza, e comecei a viajar para Miami, comprava e vendia lá. Consegui pagar minhas contas. Me apaixonei por esse lugar e comecei a traças planos de vir com eles morar aqui.

Em resumo, estamos aqui há quase 9 meses, me casei, estamos esperando os documentos para começar uma vida digna, com saúde, segurança e muito amor.

Nunca desisti dos meus sonhos, vir para outro País é complicado, imagina vir sozinha carregando dois adolescentes. Me acho o máximo. Feliz dia das mães a todos!”

Bella Berger com sua família
Bella Berger com sua família

Bella Berger, Boca Raton (FL)

“É tão difícil viver longe dos meus filhos. Não acompanhar o crescimento dos meus netos também é muito complicado. Eu morro de saudades de todos os meus quatro meninos que vivem no Brasil. Estou aqui porque hoje é simplesmente impossível viver por lá. Beijos cheios de saudade”

Sandra Avelino, Deerfield Beach (FL)

“Nesta foto homenageio a minha mãe que não vejo há 12 anos e morro de saudade. Pessoa íntegra e do bem que criou os filhos com todo amor e carinho. Te amo dona Maria José Avelino, feliz dia das mães, não vejo a hora de te reencontrar!

Patrick Rafael e sua querida mãe
Patrick Rafael e sua querida mãe

Patrick Rafael, Tampa (FL)

“Mãe, o Dia das Mães é só uma vez por ano, mas eu amo você todos os dias. Tenha um feliz dia cercada das pessoas que você ama”.

Renata Rositer, Deerfield Beach (FL)

“Mãe, você é presença de cada passo que o tempo não apaga. Por mais longo e escuro que seja o caminho, haverá sempre um horizonte. Você é meu porto seguro. Te amo, Virgilina Lagares!