Brasileiros são presos por clonagem de cartões de crédito em New Orleans

Quatro homens são acusados de furtar mais de 170 números de cartões por meio de dispositivos instalados em caixas eletrônicos

0
14378
André Pereira, João Neto, Fernando Minguzzi e Harik dos Santos (sentido horário) estão presos
André Pereira, João Neto, Fernando Minguzzi e Harik dos Santos (sentido horário) estão presos

DA REDAÇÃO, COM NOLA.COM – A polícia de New Orleans, Louisiana, prendeu na última quinta-feira (4), quatro brasileiros sob acusação de terem furtado números de cartões de crédito instalando dispositivos em caixas eletrônicos. Em buscas no quarto de hotel onde estavam foram encontradas 175 fitas magnéticas com números dos cartões. A polícia encontrou também no quarto de hotel $9 mil em dinheiro vivo.

As autoridades identificaram os brasileiros como Fernando Minguzzi, de 21 anos, André Goncalves Pereira, de 28, Harik Enedino dos Santos, de 31, e João Freire da Silva Neto, de 33 anos. Os quatro foram acusados de fraude, furto, entre outros crimes.

A prisão é resultado de uma investigação coordenada pelo U.S. Secret Service Financial Crimes Task Force que inclui membros do U.S. Secret Service, Louisiana Bureau of Investigation, New Orleans Police Department e Jefferson Parish Sheriff’s Office.

A porta-voz da procuradoria local, Ruth Wisher, informou que os dispositivos para furtar os números de cartões foram instalados na região sudeste da Louisiana.

Os brasileiros estão presos no Orleans Justice Center e serão representados por uma promotora pública do condado. “Vamos continuar trabalhando com as autoridades locais e federais para prender essas pessoas que se aproveitam de trabalhadores honestos”, disse a procuradoria em comunicado.

Os passaportes dos brasileiros foram apreendidos e a fiança estipulada em $262.500 para cada um. A próxima audiência está marcada para o dia 1 de setembro.