Brasileiros vacinados poderão entrar nos EUA a partir do dia 8 de novembro

Estrangeiros terão que apresentar teste negativo de covid realizado três dias antes do embarque

0
2740
Passengeiros caminham pelo Terminal 1 do aeroporto JFK, em New York (Arquivo/ REUTERS/Shannon Stapleton)
Passengeiros caminham pelo Terminal 1 do aeroporto JFK, em New York (Arquivo/ REUTERS/Shannon Stapleton)

Estrangeiros completamente vacinados contra a covid-19 poderão entrar nos Estados Unidos a partir do dia 8 de novembro, informou a Casa Branca nesta sexta-feira (15). Os brasileiros estão na lista. Para entrar no País, a exigência de teste negativo de covid-19 permanece.

“A nova política dos Estados Unidos para viajantes internacionais entra em vigor no dia 8 de novembro. Essa data se aplica a viagens por vias aéreas e terrestres”, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Kevin Munoz, no Twitter.

A medida acaba com a proibição da entrada de estrangeiros de diversos países desde junho do ano passado, devido à pandemia de coronavírus. No caso de brasileiros, somente portadores de green card, cidadania americana e, mais tarde, portadores de visto de estudante, estavam autorizados.

Segundo o governo, as vacinas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) serão aceitas, isso inclui a CoronaVac. “O CDC já informou às companhias aéreas que todas as vacinas já aprovadas pelo FDA e autorizadas de forma emergencial pela OMS vão ser aceitas nos Estados Unidos. As mesmas regras serão aplicadas nas fronteiras terrestres”, completou.