Califórnia terá um milhão de indocumentados com driver license até 2018

Defensores da lei que permite a concessão de carteiras a imigrantes irregulares no país afirmam que a medida reduziu em 7% os acidentes seguidos de fuga no estado

0
9387
O DMV emitiu cerca de 11 mil carteiras no mês passado, o menor número desde o início do programa
O DMV emitiu cerca de 11 mil carteiras no mês passado, o menor número desde o início do programa

DA REDAÇÃO – Em junho deste ano, o Department of Motor Vehicles da Califórnia divulgou que já havia emitido 905 mil carteiras de motorista especiais para estrangeiros que estão irregulares no país. Nesse passo, o número de habilitações para imigrantes fora de status no estado pode ultrapassar um milhão em 2018. O benefício é amparado na lei estadual AB 60, que exige apenas que o requerente prove somente que mora no estado, sem precisar declarar sua situação imigratória.

Aprovada em 2013 depois de 15 anos de debates e pressões, a AB 60 visava melhorar a segurança pública e reduzir as penalidades sofridas pelos motoristas imigrantes indocumentados. Ao entrar em vigor, em 2015, a lei incluiu a Califórnia na lista de 10 estados americanos que oferece carteiras de motorista para imigrantes vivendo irregularmente no país. A procura foi tão grande que a expectativa para o número de beneficiados dobrou imediatamente.

Desde então o ritmo vem diminuindo consideravelmente. O DMV emitiu cerca de 11 mil carteiras no mês passado, o menor número desde o início do programa. Foram aproximadamente 83 mil carteiras emitidas durante a primeira metade de 2017, pouco mais que as emitidas somente no mês de março de 2015, ou 76 mil.

Um estudo da Universidade de Stanford publicado em abril credita à lei uma redução no número de acidentes seguidos de fuga em até 7% já no primeiro ano de vigor. Os defensores da lei também alegam que ela foi responsável por um significativo aumento no número de indivíduos doadores de órgãos, opção disponível na hora de requerer a carteira.