Campeonatos Estaduais fazem parte do passado

0
342
Rafael Navarro marcou seus dois primeiros gols pelo Palmeiras na Venezuela (Foto: Cesar Grecco/Palmeiras)
Rafael Navarro marcou seus dois primeiros gols pelo Palmeiras na Venezuela (Foto: Cesar Grecco/Palmeiras)

Palmeiras, Fluminense, Atlético-MG e Grêmio, respectivamente campeões paulista, carioca, mineiro e gaúcho, mal tiveram tempo de comemorar seus títulos e já estão envolvidos em outras competições, com exceção do pentacampeão gaúcho que está focado em uma boa campanha na Série B para voltar à elite do futebol brasileiro.

E os outros três campeões começaram bem nas competições continentais na quarta-feira (6). O Palmeiras, atual tricampeão da Libertadores com duas conquistas consecutivas, não tomou conhecimento do Deportivo Táchira e aplicou uma goleada de 4 a 0 (dois gols de Navarro, um de Veiga e um de Dudu) em San Cristóbal, na Venezuela, assumindo a liderança do Grupo A. O Galo também confirmou seu favoritismo ao bater o Tolima em Ibargué, na Colômbia, por 2 a 0 (gols de Nacho Fernandez e Tchê Tchê), e divide a liderança com o Independiente Del Valle, do Equador, que derrotou o América-MG, em Belo Horizonte, pelo mesmo placar. Já o Flu derrotou o Oriente Petrolero da Bolívia por 3 a 0 (gols de Chris Silva, Arias e Zazspe contra) e lidera o Grupo H da Copa Sudamericana.

Outras equipes brasileiras estrearam nas competições. O destaque negativo ficou com o Corinthians, batido por 2 a 0 em La Paz pelo Always Ready, na terça-feira (5). No outro jogo da chave, o Boca Juniors foi derrotado pelo Deportivo Cali pelo mesmo placar. Agora, os dois favoritos dividem a lanterna do Grupo E da Libertadores. No mesmo dia, o Athletico-PR ficou no 0 a 0 com o Caracas, em jogo disputado na capital venezuelana.

Ainda na terça-feira, outro favorito à conquista da Libertadores estreou com vitória. O Flamengo venceu o Sporting Cristal em Lima por 2 a 0 (gols de Bruno Henrique e Matheusinho) e lidera o Grupo H, ao lado do Talleres de Córdoba, com um gol a mais de saldo.

O Bragantino, em sua estreia na Taça Libertadores da América, venceu o Nacional de Montevidéu em Bragança Paulista por 2 a 0 (gols de Ytalo e Hurtado) e lidera o Grupo C.

Na Copa Sudamericana, o Santos decepcionou ao perder por 1 a 0 para o Banfield na Argentina, assim como o Internacional que abriu 2 a 0 no primeiro tempo (gols de Mauricio e Wesley Moraes) sobre o 9 de Octubre, mas sofreu o empate no segundo tempo em Guayaquil, no Equador.

Quem se deu bem na estreia foram Atlético-GO, que goleou a LDU por 4 a 0 (gols de Hayner, Jorginho, Shaylon e Rickson) em Goiânia e o Ceará que bateu o Independiente de Avellaneda por 2 a 1 de virada, com gols de Mendoza e Banegas contra e de Togni para o time argentino.


NBA tem nova regra nesta temporada

Bam Adebayo é o líder do Miami Heat nesta temporada (Foto: Heat Nation)
Bam Adebayo é o líder do Miami Heat nesta temporada (Foto: Heat Nation)

A temporada regular está no fim, mas entre 12 e 15 de abril começa o Torneio Play-In, reunindo equipes que ficarem entre o 7º e o 10º lugar . As equipes com a sétima e a oitava maior porcentagem de vitórias em cada conferência terão duas oportunidades de vencer um jogo para ganhar uma vaga nos playoffs. As equipes com a nona e a décima maior porcentagem de vitórias em cada conferência terão que vencer dois jogos consecutivos para ganhar uma vaga nos playoffs.

No final da temporada regular, mas antes da primeira rodada dos playoffs, a equipe com a 7ª maior porcentagem de vitórias em cada conferência receberá a equipe com a 8ª maior porcentagem de vitórias em um jogo de play-in (o “Jogo Seven-Eight”). O vencedor do Seven-Eight Game em cada conferência ficará com a 7ª colocação.

A equipe com a 9ª maior porcentagem de vitórias em cada conferência será a anfitriã da equipe com a 10ª maior porcentagem de vitórias no “Jogo Nine-Ten”. O perdedor do Seven-Eight Game receberá o vencedor do Nine-Ten Game em um Play-In Game, e o vencedor desse jogo em cada conferência ganhará a 8ª vaga.

Os vencedores do torneio Play-In receberão as posições de 7º e 8º cabeças de chave em cada conferência. Após o Torneio Play-In, os Playoffs da NBA começarão com a estrutura tradicional de 16 equipes, melhor de sete.

Os playoffs da NBA começarão no sábado, 16 de abril, e terminarão até 19 de junho.

Miami Heat é o melhor na Conferência Leste

A temporada regular do Miami Heat termina neste domingo contra o Magic em Orlando, tornando este o momento ideal para refletir.

Quando a campanha de 2021-2022 começou, ninguém esperava que o Heat ocupasse grande parte da temporada como primeiro cabeça de chave da Conferência Leste, e agora eles estão terminando no topo da Conferência Leste.

Mas para uma temporada agradável, muitos obstáculos foram superados. De novos jogadores se adaptando ao time e jogadores craques perdendo vários jogos devido a lesões, nada foi fácil para o Heat, e ainda assim o time conseguiu ter sucesso.

Max Strus jogou cerca de metade de uma temporada com o Heat no ano passado, mas não foi até recentemente que ele poderia realmente ser considerado uma parte vital da equipe. Recentemente transferido para o time titular no lugar de Duncan Robinson, Strus se destaca pelo forte trabalho defensivo.

Tyler Herro tem sido uma pedra na quadra nesta temporada, com média de 20 pontos, cinco rebotes e quatro assistências por jogo. Na maioria das vezes, sua presença na quadra tem sido um fator de estabilidade. Sua terceira temporada na NBA provavelmente lhe dará o prêmio de Sexto Homem do Ano, quando os prêmios da NBA no final da temporada forem anunciados.

Jimmy Butler era o rosto do Miami Heat antes de 2022, mas esta foi a temporada que Bam Adebayo conquistou o título. Quando você pensa em Miami Heat, você pensa em Bam Adebayo. Ele é uma força dominante e uma personalidade para a qual as pessoas gravitam. Bam é o cara em Miami.

O elenco realmente é de primeira, incluindo, além destes, Jimmy Butler, Dewayne Dedmon, Udonis Haslem, Kyle Lowry, Haywwod Highsmith, Caleb Martin, Markieff Morris, Victor Oladipo, Michal Mulder, Duncan Robinson, P.J.Tucker, Javonte Smart, Gabe Vincent e Omer Yutseven.


Brasileiro quer fazer história na Maratona de Boston

Pernambucano vai participar da Maratona de Boston em 18 de abril (Foto: Divulgação)
Pernambucano vai participar da Maratona de Boston em 18 de abril (Foto: Divulgação)

Geison Rodrigues, natural de Jaboatão, Pernambuco, tem uma história de vida que serve como parâmetro de quão resilientes as pessoas podem ser. No ano de 2006, ele sofreu um grave acidente de motocicleta enquanto voltava do trabalho. Esse acidente resultou em diversas fraturas no quadril, fazendo com que ele precisasse de cadeira de rodas e muletas para se locomover durante alguns anos.

Em vez de lamentar a má sorte, o pernambucano usou a fatalidade como incentivo para superar obstáculos. Ele reaprendeu a andar e passou a participar de corridas de rua. Tornou-se membro do Comitê Paraolímpico Brasileiro e ostenta posições de destaque no ranking nacional e internacional, pois já participou da Maratona de New York City.

Esse ano, ele estará na Maratona de Boston, a mais famosa e tradicional corrida de longa distância realizada anualmente em todo o mundo, disputada em 42,195 km entre as cidades de Hopkinton e Boston, no estado de Massachusetts, Estados Unidos. 

Criada em 1897 pela organização Boston Athletic Associaton, tornou-se a segunda corrida de rua anual mais antiga do mundo. Cancelada em 2020 e adiada para outubro em 2021 por causa da pandemia de Covid-19, está marcada para 18 de abril, feriado nacional do Patriot’s Day em 2022. Os organizadores esperam cerca de 30 mil inscrições.

Juntos com as maratonas de Chicago, Londres, Berlim, New York e Tóquio, está no grupo das seis integrantes da Maratona Mundial Majors (six stars).