Cartórios de Broward e Miami-Dade acumulam mais de 7 mil ordens de despejos

Pedidos de despejo estariam apenas esperando o dia 1º de janeiro para serem executadas

0
1131
Até o fim de dezembro é esperado que entre 10 e 20 mil despejos e execuções de hipotecas cheguem aos tribunais (foto: pixabay)
Até o fim de dezembro é esperado que entre 10 e 20 mil despejos e execuções de hipotecas cheguem aos tribunais (foto: pixabay)

Desde que a lei estadual que proibia a expulsão de inquilinos durante a pandemia de covid-19 expirou, no início de outubro, cartórios de todo o sul da Flórida têm visto um verdadeiro bombardeio de pedidos de despejo.

Somente em Miami-Dade há 6.434 pedidos acumulados. Em Broward, 626 ordens estão prontas para serem executados, segundo apurou o jornal Miami Herald.

Essas ordens estariam somente esperando o dia 1º de janeiro chegar para serem cumpridas. O último dia de 2020 é quando deixa de valer a medida do Centers for Disease Control (CDC), que impede que pessoas sejam expulsas das casas em que moram durante a pandemia de covid-19.

Ao contrário da medida do governo estadual, a ordem do CDC apenas impede o despejo, mas não quita débitos atrasados.

“Até o fim de dezembro é esperado que entre 10 e 20 mil despejos e execuções de hipotecas cheguem aos tribunais”, disse Ron Book, presidente do Miami-Dade Homeless trust. “Já conversei com muitos advogados por aí, sei que eles apenas estão segurando até o fim do ano”, disse Book.

Algumas cidades, como Boca Raton, por exemplo, lançaram seus próprios programas para ajudar famílias em dificuldades econômicas a pagarem aluguéis atrasados. Mas muitos desses programas tiveram baixos índices de adesões e alguns foram encerrados.

Em Broward ainda é possível conseguir subsídios para resolver débitos residenciais. O condado recebe inscrições até esta quarta-feira (9) às 11:59 p.m. Clique aqui para acessar a página dos programas de Broward.

Miami-Dade também possui algumas opções abertas para ajudar seus moradores no custeio de despesas de moradia. Clique aqui e veja as opções de apoio financeiro em Miami-Dade.