Casal aponta armas para manifestantes no Missouri

Armados com um rifle e uma pistola, casal ameaçou um grupo de manifestantes que caminhava em frente à mansão onde moram

0
988
Imagens de casal armado para ‘defender’ a mansão dos manifestantes viralizaram (Foto: Daniel Shular/via REUTERS)
Imagens de casal armado para ‘defender’ a mansão dos manifestantes viralizaram (Foto: Daniel Shular/via REUTERS)

Um casal apontou armas para manifestantes que passavam em frente à casa deles em St. Louis, no Missouri. Mark e Patricia McCloskey moram em um mansão no bairro nobre de Central West End, o mesmo em que mora a prefeita alvo do protesto.

Os manifestantes caminhavam pacificamente em direção à casa da prefeita Lyda Krewson para pedir sua renúncia. Imagens divulgadas em redes sociais mostram que a mulher com uma pistola e o homem com o que parecia ser um rifle semiautomático gritavam com os manifestantes.

As imagens viralizaram e tiveram milhões de visualizações em poucos minutos após a divulgação. O proprietário da casa disse a um canal de TV que “estaria morto e a minha casa em chamas se eu não tivesse feito nada”. 

O protesto foi uma reação a uma live no Facebook na sexta-feira (26) em que a prefeita leu os nomes de moradores que enviaram cartas para pedir a administração local a redução nas verbas destinadas à polícia. O vídeo foi retirado da internet e a prefeita pediu desculpas.

Desde a morte do ex-segurança George Floyd, em Minneapolis, ativistas foram às ruas para defender que verbas sejam transferidas do policiamento para trabalhos sociais como medida para prevenir a violência.