Casal de brasileiros comemora recuperação de bebê com leucemia rara

O pequeno e carismático Ben está sendo tratado em Miami e tem surpreendido os médicos por sua força, mas a família ainda precisa de ajuda para dar continuidade ao tratamento

0
8449
Benjamin está sendo chamado de
Benjamin está sendo chamado de "Iron Ben" pelos médicos

A batalha do pequeno Benjamin Ogura, o Ben ou ‘Iron Ben’ como vem sendo chamado pelos médicos, ainda é longa, mas a resposta ao tratamento tem sido satisfatória. Único filho dos brasileiros Rafael e Renata, ambos de Nova Andradina (MS) e que vivem em Miami, Ben foi diagnosticado com leucemia mielogênica aguda com diferenciação monocítica, um tipo grave de leucemia e está sendo tratado no Nicklaus Children Hospital em Miami.

A luta do bebê de apenas dez meses começou em novembro quando foi diagnosticado com Paralisia de Bell – paralisia e enfraquecimento dos músculos da face – e, ao fazer exames de sangue, os médicos descobriram que o bebê tinha leucemia. “Foram dias muito difíceis para nós, pois ele é muito pequeno para ser submetido a tantos exames”, disse Renata Ogura. Logo em seguida, os médicos fizeram uma punção lombar na criança e instalaram um cateter em seu peito. Assim que foi iniciado o tratamento de quimioterapia, Benjamin teve uma pneumonia e foi para Unidade de Terapia Intensiva do Hospital.  “Mas meu filho é um guerreiro que vai continuar sua batalha, ele ama viver, brincar e nós temos muita fé em Deus”.

Segundo a mãe, o apelido “Iron Bem” veio em alusão ao super-herói ‘Iron Man’, ou ‘Homem de Ferro’ porque a criança está se recuperando bem. Ela explicou que, inicialmente, os médicos esperam que a quimioterapia tenha efeito satisfatório. Caso não tenha, será necessário o transplante de medula.

“Ben está livre de todas as sondas e isso é um alívio muito grande. Ele está amamentando e já começou a comer papinha. Os exames estão dando tudo certo. O primeiro ciclo da quimio já terminou e estamos na expectativa para saber se está fazendo o efeito esperado”, disse.  “Os médicos e enfermeiras estão deslumbrados com a melhora do quadro clínico dele e ele tem sido a sensação de bebê lindo e cheiroso aqui no hospital. Vamos seguir orando e agradecendo a Deus por todo cuidado e por todas as bênçãos”, afirmou Renata.

Ajuda

Como Renata e o marido Rafael precisaram deixar seus trabalhos para se dedicarem 24h ao tratamento do filho, eles lançaram uma campanha de arrecadação de recursos pelo Gofundme. Quem puder ajudar o link é o https://www.gofundme.com/benjamin-ogura-9months-leukemia

“Nós falamos que o Ben é um milagre de Deus porque a melhora dele foi bem rápida. Tem muitas pessoas orando por ele tanto no Brasil como aqui. Ele ficou uma semana entubado e se Deus quiser amanhã já saímos da UTI e vamos para o quarto do setor de oncologia”, comemora Renata.

Renata e Rafael pedem ajuda para continuação do tratamento do filho
Renata e Rafael pedem ajuda para continuação do tratamento do filho