Casal pode ficar preso por até 15 anos após fazer sexo em praia da Flórida

Incidente aconteceu em julho de 2014; ato sexual foi presenciado por famílias e criança de 3 anos

0
3952

DA REDAÇÃO (com G1 e Daily Mail) – Um casal pode pegar até 15 anos de cadeia após ser flagrado fazendo sexo em uma praia durante o dia em Bradenton, próximo à cidade de Sarasota, na costa oeste da Flórida. O incidente aconteceu em julho do ano passado.

Um vídeo exibido no tribunal mostra Jose Caballero, de 40 anos, e Elissa Alvarez, de 20, realizando movimentos sexuais. Caballero e Elissa foram acusados de comportamento indecente.

Foi um agravante à acusação do casal o fato de que a relação sexual aconteceu em frente a famílias. Havia uma criança de 3 anos no local.

Apesar do vídeo e do relato de testemunhas, os advogados de defesa negaram que seus clientes tivessem feito sexo, alegando que nenhuma testemunha afirmou ter visto a genitália ou penetração, e o vídeo também não era claro.

Os advogados de defesa argumentaram que Elissa estava dançando sobre Caballero para acordá-lo. Para o procurador Anthony Dafonseca, a desculpa usada pela defesa é ridícula.

Segundo a polícia, Caballero já passou oito anos na cadeia por tráfico de cocaína. O fato de que o delito foi feito menos de três anos após essa condenação deve render ao acusado uma pena severa, disse ao “Daily Mail” um policial.

Ainda de acordo com o jornal, Elissa e familiares choraram ao ouvir a formalização da acusação no tribunal.