Casamentos gays aumentam 61% no Brasil

Segundo IBGE, união de pessoas de sexos diferentes caiu 1,6% no mesmo período

0
1165
Entre janeiro e outubro, a média foi de 546 casamentos gays por mês (Foto: Benson Kua)
Entre janeiro e outubro, a média foi de 546 casamentos gays por mês (Foto: Benson Kua)

O casamento entre pessoas do mesmo sexo teve um crescimento de 61,7% em 2018, em todo o Brasil, apontam estatísticas de Registro Civil, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a união de pessoas de sexos diferentes caiu 1,6% no mesmo período.

O aumento do número de casamentos homoafetivos foi detectado em todas as regiões, com menor crescimento no Centro-Oeste (42,5%) e o maior no Nordeste (85,2%). Segundo a gerente da pesquisa, Klívia de Oliveira, o levantamento apresenta os “números frios”, isto é, não é possível analisar o que levou a este crescimento. Os dados, porém, mostram que o aumento foi registrado depois do resultado das eleições de 2018, quando assumiu um governo conservador.

Entre janeiro e outubro, a média foi de 546 casamentos gays por mês. Em novembro, subiu para 957 e saltou para 3.098 em dezembro – cinco vezes mais que a média. Estudiosos de temas relacionados à população LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e intersexo) veem relação entre o fenômeno e o momento político do país.

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2013.