Censo 2020 vai questionar status imigratório de entrevistados

Advogados da Califórnia já avisaram que vão entrar na Justiça contra a medida, que 'fere os direitos civis de cada um'

0
2743
Censo 2020 quer incluir pergunta sobre status imigratório
Censo 2020 quer incluir pergunta sobre status imigratório

DA REDAÇÃO, COM CNN – O Departamento de Comércio americano anunciou na segunda-feira (26) que vai incluir uma pergunta sobre o status imigratório dos entrevistados no Censo demográfico, que será realizado em 2020. O argumento é que, incluindo essa pergunta, o governo terá mais clareza sobre o número de pessoas que têm cidadania americana e que são aptas a votar.

As informações coletadas no Censo – que ocorre de dez em dez anos – são utilizadas para embasar projetos de lei, políticas públicas e determinar o número total de moradores dos EUA, independentemente de status imigratório.

A questão, entretanto, aumentou a preocupação de entidades pró-imigrantes, que temem que os imigrantes indocumentados não respondam o questionário e a contagem fique falha.

O Departamento de Comércio afirma que “o status imigratório já havia sido questionado em censos anteriores. Entre 1820 e 1950, todos os censos questionavam se o entrevistado era cidadão americano ou não. Hoje, as pesquisas de menor alcance também fazem essa pergunta”, informou em comunicado.

Defensores do presidente Donald Trump aplaudiram a medida. “O censo americano de 2020 quer saber se elas são ou não cidadãs. É uma outra era e isso deveria ser senso comum, mas alguns procuradores já avisaram que vão questionar a medida. O presidente quer saber quem está do seu lado”, escreveram apoiadores de Trump.

Califórnia questiona

Representantes de organizações pró-imigrantes já avisaram que acionaram advogados para contestar na Justiça a medida, alegando que a inclusão da questão sobre status imigratório fere os direitos civis de cada um.

O procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, e o Secretário de Estado, Alex Padilla, disseram que é uma medida contra os imigrantes. “A pergunta sobre status imigratório é mais uma tentativa do presidente Trump de aumentar a hostilidade contra os imigrantes. Agora, o Departamento de Comércio está jogando por terra anos de esforço para preparar um censo isento e acurado”, disse Padilla em comunicado.