Cerimônia do Oscar 2018 também será marcada por protestos

Edição número 90 da festa será realizada no próximo domingo (4)

0
1871
Cena de “Shape of Water” que concorre na categoria de melhor filme entre outras
Cena de “Shape of Water” que concorre na categoria de melhor filme entre outras

O Oscar, premiação mais importante do cinema, acontece no domingo (4), terá muitas emoções no palco do Teatro Dolby e nos bastidores da premiação. Celebridades prometem – assim como fizeram no Golden Globe em janeiro – darem seu recado contra os abusos denunciados nos últimos meses.

Depois de reagir rápido expulsando Harvey Weinstein, produtor de cinema premiado com o Oscar, em outubro após diversas mulheres o acusarem de má conduta sexual, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ainda tem que tomar atitudes contra outras pessoas em suas fileiras que foram acusadas de atos inadequados.

Sua exclusão fez da Academia, que é avessa à publicidade e cujos 8 mil membros votam no Oscar, a guardiã moral no escândalo #MeToo, que levou dezenas de figuras de Hollywood a se demitirem ou serem afastadas de projetos criativos.

“A Academia sempre quis ser o símbolo de Hollywood, do glamour, da empolgação e da criatividade. Mas agora está se dizendo essa coisa horrível sobre Hollywood e é algo como ‘você será o símbolo do lado negativo também’”, disse Tim Gray, editor de premiações de Hollywood da revista especializada Variety.

A Academia emitiu o primeiro código de conduta da sua história em dezembro e criou uma força-tarefa para lidar com alegações de uma vasta gama de violações em potencial. Em um email enviado aos membros em janeiro, sua diretora-executiva, Dawn Hudson, disse que se trata de um “processo desafiador que não será solucionado da noite para o dia”. No email, ela diz que o objetivo da Academia “não é ser um órgão investigativo, e sim fazer com que, quando uma queixa for feita, passe por um processo justo e metódico”.

Cerimônia

A entrega dos prêmios mais importantes da sétima arte mundial acontece em 4 de março no Teatro Dolby, em Los Angeles (Califórnia). O filme ‘The Shape of Water, do cineasta mexicano mexicano Guillermo del Toro, é um dos favoritos a levar a estatueta de melhor filme, com 13 indicações no total.

O longa chileno Uma Mulher Fantástica foi indicado ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira. Já o Brasil, que ficou mais uma vez fora da disputa, é representado com dois indicados: o diretor Carlos Saldanha (a animação Ferdinand Bull) e o produtor Rodrigo Teixeira (Call Me By Your Name).

Esta é a 90ª edição dos prêmios Oscar e mais uma vez a festa será comandada pelo comediante Jimmy Kimmel, anfitrião do evento pelo segundo ano consecutivo.

As nomeações para melhor filme estão: “The Shape of Water”, “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”, “Lady Bird”, “Get Out”, “Darkest Hour”, “The Post”, “Dunkirk”, “Call Me By Your Name” e “Phantom Thread.” (Com Estadão Conteúdo).