Cidade da Califórnia será a primeira a ter serviço de entrega por drones da Amazon

Ao todo, mais de 20 protótipos de drones foram testados até chegar na versão final. A ideia é que os consumidores recebam em casa seus produtos em menos de uma hora após a compra

0
2229
A autorização para operar o serviço aéreo foi garantida pela Federal Administration Aviation em 2020 (foto: Amazon)
A autorização para operar o serviço aéreo foi garantida pela Federal Administration Aviation em 2020 (foto: Amazon)

A Amazon anunciou nesta segunda-feira (13) que os clientes de Lockeford, na Califórnia, serão os primeiros do país a ter seus produtos entregues por drones. Batizado de “Prime Air” o serviço começará a ser oferecido ainda este ano. A ideia é que os consumidores da cidade recebam sua compra menos de uma hora após a venda ser concluída no site. Além disso, a entrega será gratuita.

Segundo a Amazon, a experiência vai servir como teste antes de expandir para outras cidades do país. “Os moradores de Lockeford terão um papel importante na definição do nosso futuro. O feedback deles sobre a Prime Air, com drones voando em seus quintais, nos ajudará a criar um serviço com segurança para atender às necessidades de todos”, disse a empresa em comunicado.

A autorização para operar o serviço aéreo foi dada pela Federal Administration Aviation em 2020. A companhia explicou que a tecnologia do drone pode detectar e voar em torno de obstáculos como chaminés e antenas. Eles também podem detectar objetos em movimento no horizonte, como outros aviões. “Se forem identificados outros objetos em nossa rota, o drone mudará automaticamente o curso para evitá-los”, acrescentou.  Ao todo, mais de 20 protótipos de drones foram testados até chegar na versão atual. Assim que iniciar o serviço, os clientes de Lockeford serão informados sobre os itens disponíveis para a entrega via drone. Além da Amazon, o Walmart e a Alphabet também oferece o delivery pelos ares.