Cincinnati Bengals e Los Angeles Rams disputarão a grande final do Super Bowl LVI

Time de Ohio vai à decisão do futebol americano depois de 33 anos; adversário será o Los Angeles Rams, que bateu o San Francisco 49ers e jogará a decisão em casa

0
565
O quarterback do Cincinnati Bengals, Joe Burrow, comemora com os fãs depois de derrotar o Kansas City Chiefs no jogo do título da AFC (Foto: Paul Sancya/Associated Press)
O quarterback do Cincinnati Bengals, Joe Burrow, comemora com os fãs depois de derrotar o Kansas City Chiefs no jogo do título da AFC (Foto: Paul Sancya/Associated Press)

Com um field goal de 28 jardas na prorrogação, após interceptação em passe do astro Patrick Mahomes, o Cincinnati Bengals bateu o Kansas City Chiefs por 27 a 24 e está no Super Bowl LVI. O momento maior do esporte dos Estados Unidos acontece no próximo dia 13 de fevereiro. O adversário será o Los Angeles Rams, que derrotou o San Francisco 49ers por 20 a 17 e brigará pelo troféu Vince Lombardi diante da sua torcida, porque o Super Bowl 2022 será disputado no SoFi Stadium in Los Angeles. É a primeira vez desde 1989 que os Bengals chegam à decisão do futebol americano.

E foi em grande estilo: num Arrowhead Stadium lotado em Kansas City, com 21 a 3 contra no placar no primeiro tempo e diante do quarterback apontado como o sucessor de Tom Brady, que deve anunciar a aposentadoria em breve. Para completar, os Bengals ainda perderam o sorteio no início da prorrogação. Um touchdown definiria o jogo para os Chiefs.

É a primeira vez que Mahomes perde a final da Conferência Americana (AFC). Nos dois últimos anos, ele havia levado Kansas City ao Super Bowl – venceu um e perdeu outro. A estrela dos Chiefs conseguiu 275 jardas, com três touchdowns e duas interceptações – ele só havia sido interceptado uma vez em todos os jogos de pós-temporada em casa na carreira. Do outro lado, Joe Burrow alcançou 250 jardas, com dois touchdowns e uma interceptação.

Astro do futebol americano, Tom Brady anuncia aposentadoria da NFL

Astro da NFL e marido de Gisele Bundchen, Tom Brady anuncia sua aposentadoria aos 44 anos (Foto: inc.com)
Astro da NFL e marido de Gisele Bundchen, Tom Brady anuncia sua aposentadoria aos 44 anos (Foto: inc.com)

Depois de muita especulação, o astro do futebol americano Tom Brady, de 44 anos, anunciou nesta terça-feira (1), que vai se aposentar. O anúncio foi feito em um post no Instagram de Brady.

“Isso é difícil para mim escrever, mas aqui vai: não vou competir mais. Eu amei minha carreira na NFL e agora é hora de focar meu tempo e energia em outras coisas que precisam da minha atenção”, postou.

Brady é um dos maiores jogadores da história do futebol americano. Em 22 anos, ele conquistou sete Super Bowls. Casado com a supermodelo brasileira Gisele Bundchen, o astro é pai de três filhos, dois deles com Gisele.

Seu último time foi o Tampa Bay Bucanneers, com quem foi campeão da liga no ano passado em Tampa, Flórida.

Big Ben anuncia oficialmente a aposentadoria da NFL

Ben Roethlisberger do Pittsburgh Steelers encerra a carreira após 18 temporadas com dois títulos no currículo, colocado como um dos grandes nomes dentro dos gramados (Foto: NFL.com)
Ben Roethlisberger do Pittsburgh Steelers encerra a carreira após 18 temporadas com dois títulos no currículo, colocado como um dos grandes nomes dentro dos gramados (Foto: NFL.com)

Além de Brady, outro quarterback icônico da NFL também anunciou sua aposentadoria. Trata-se de Ben Roethlisberger do Pittsburgh Steelers que encerra a carreira após 18 temporadas com dois títulos no currículo, colocado como um dos grandes nomes dentro dos gramados. 

Duas vezes campeão do Super Bowl, “Big Ben” é considerado um dos maiores nomes do maior campeão da liga desde a fusão (ao lado do New England Patriots com 6 títulos), mas foi acusado de estupro e assédio fora dos campos.

Ao todo na carreira, Roethlisberger somou 64.088 jardas aéreas, a quinta melhor marca da história da NFL, à frente de grandes nomes da liga como Dan Marino, John Elway e Joe Montana, 418 passes para touchdown e 211 interceptações.

O quarterback é também o vice-líder da história da liga em campanhas para vencer a partida no último período. Foram 53 ao longo das 18 temporadas que disputou, empatado com Tom Brady e Drew Brees. O melhor foi Peyton Manning, com 54.

Corinthians perde para o Santos e Sylvinho é demitido

Muito criticado pela torcida, Sylvinho é demitido pela diretoria após derrota em casa para o Peixe (Foto: meutimao.com.br)
Muito criticado pela torcida, Sylvinho é demitido pela diretoria após derrota em casa para o Peixe (Foto: meutimao.com.br)

A diretoria do Corinthians começou na quinta-feira (3) a busca pelo novo técnico da equipe.

Um dia depois de perder para o Santos por 2 a 1 de virada – dois gols do garoto Marcos Leonardo e de Jô para o Timão – e de demitir Sylvinho, o comando do futebol se reuniu no CT Joaquim Grava para traçar os planos para a temporada que acaba de iniciar.

Nome muito desejado pela torcida, o português Jorge Jesus é considerado caro pela direção. Além dele, haveria uma exigência para trazer toda sua comissão técnica, com membros recebendo em euro, valores que poderiam ultrapassar os R$ 2,5 milhões por mês.

A chegada do ex-treinador do Flamengo ao Brasil dependeria do aporte, por exemplo, da Taunsa, patrocinadora que promete trazer um centroavante de peso. Não há sinais neste sentido. A preferência é mesmo por bancar a contratação de um jogador.

Além dele, outros nomes especulados foram o de Renato Gaúcho, que enfrenta rejeição por ter recusado o Corinthians antes de assumir o Flamengo, o de Cuca, que se demitiu do Atlético-MG depois de ter sido campeão brasileiro, e o de outros técnicos estrangeiros.

Técnico Paulo Sousa estreia com vitória no Flamengo

Feliz em seu novo clube, Marinho estreia no Flamengo marcando o primeiro gol na vitória sobre o Boavista (Foto: colunadofla.com.br)
Feliz em seu novo clube, Marinho estreia no Flamengo marcando o primeiro gol na vitória sobre o Boavista (Foto: colunadofla.com.br)

O Flamengo venceu o Boavista por 3 a 0 na noite de quarta-feira (2), em Volta Redonda, pela terceira rodada do Carioca, na estreia do técnico Paulo Sousa e do grupo principal na temporada. O grande destaque da partida foi Vitinho, com três assistências. Os gols foram de Marinho, que também fez sua estreia, Pedro e Gabigol.

Com a vitória, o Flamengo chegou a sete pontos em três jogos e se mantém no pelotão de frente na classificação. Na próxima rodada, domingo (6), o time de Paulo Sousa enfrenta o Fluminense, no Nilton Santos. O Boavista, que manteve os dois pontos, encara o Volta Redonda, sábado, em Bacaxá.

Vasco também vence

O Vasco teve boa atuação e venceu o Nova Iguaçu por 3 a 2 na noite de quarta-feira (2), em São Januário. O duelo, válido pela terceira rodada do Campeonato Carioca, teve dois gols de Nenê – um deles uma pintura – e um de Raniel, com Samuel fazendo os dois do Nova Iguaçu na reta final da partida. O centroavante vascaíno segue a doce rotina de pagar R$ 500 por assistência, desta vez para o zagueiro Ulisses. Com três gols no campeonato, já foram R$ 1.500. Com o resultado, o time de Zé Ricardo, que relaxou no final ao sofrer dois gols, chega a sete pontos, em segundo lugar, perdendo a liderança nos critérios de desempate para o Flamengo. O Nova Iguaçu é o lanterna, com apenas um ponto.

Galo é o novo líder do Campeonato Mineiro

O Atlético-MG foi com um grupo alternativo a Uberlândia e, mesmo assim, não tomou o menor conhecimento do time da casa. Mesmo debaixo de chuva na primeira metade do jogo, o Galo goleou por 4 a 0, conquistou a segunda vitória seguida no ano e assumiu a liderança do Campeonato Mineiro. Os gols foram marcados por Eduardo Sasha e Guilherme Arana, no primeiro tempo, e Fábio Gomes e Ademir, na etapa final.

Com o resultado, o Atlético-MG somou sete pontos e saltou para a liderança do Campeonato Mineiro, aproveitando a derrota do Cruzeiro para o América-MG. O Galo é o único time que segue invicto na competição. Já o Uberlândia caiu para a nona colocação, com três pontos e apenas uma vitória em três jogos. 

América-MG vence Cruzeiro e assume a vice-liderança

Gol mal anulado mais expulsão é igual a perda do controle da partida e gols do adversário. A equação resume o clássico entre Cruzeiro e América, vencido pelo Coelho pelo placar de 2 a 0. Patric e Alê, no primeiro tempo, definiram a vitória americana. A partida desta quarta-feira, no Mineirão, que mexeu no G-4 do Campeonato Mineiro, começou com a pressão cruzeirense, que teve um gol invalidado aos 15 minutos da primeira etapa. Em seguida, o time azul perdeu o atacante Waguininho, expulso. Foi a senha para o América se sobressair no Mineirão, vencer e assumir a vice-liderança do Estadual.

Palmeiras faz primeiro treino com bola em Abu Dhabi

O Palmeiras treinou no fim da tarde da quinta-feira (3) no Zayed Sports Stadium, na primeira atividade da equipe alviverde em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Em campo, Abel Ferreira trabalhou com portões fechados. A imprensa acompanhou apenas 15 minutos do início do treinamento.

Vinicius Silvestre foi a única ausência em campo, além de Gabriel Verón e Piquerez, que ficaram em São Paulo por estarem com covid-19. Eles embarcam para Abu Dhabi no final de semana. A relação completa do Verdão conta com 27 atletas que já estão concentrados em Abu Dhabi – o clube tem até o dia 6 para enviar à Fifa os 23 que serão inscritos no torneio.

A estreia do Verdão no Mundial de Clubes da Fifa será no dia 8 de fevereiro contra o vencedor do confronto entre Al Ahly, do Egito, e Monterrey, do México.