Circulando

0
2312
Igor Pipolo e o AcheiUSA
Igor Pipolo e o AcheiUSA

Empreendedoras Excelentes

O encontro promovido pela Associação de Mulheres Empreendedoras (AME) na semana passada mostrou o quanto as mulheres brasileiras estão dispostas a botar a mão na massa e fazer negócios sem medo de serem felizes. A AME é uma ONG criada em Massachusetts pela empresária Lilian Mageski, que teve a ideia de formar um grupo com o objetivo de valorizar as brasileiras empreendedoras residentes nos Estados Unidos. A representante da entidade na Flórida, Ricarda Prado, fez a convocação e as empreendedoras do sul da Flórida compareceram em peso à All Meats Steakhouse, em Boca Raton. A confraternização, batizada de Mulheres em Excelência, homenageou várias empreendedoras, com destaque para a eterna modelo Luiza Brunet, hoje ativista pelos direitos femininos, e a apresentadora Fernanda Pontes, modelo de mulher brasileira de sucesso em terras norte-americanas. Apesar da maioria feminina nos salões da All Meats, o encontro atraiu também alguns barbados, que foram lá conferir a competência da mulher brasileira empreededora. Um dos “intrusos” nesse Clube do Bolinha às avessas foi o empresário Igor Pipolo, diretor de departamento da toda-poderosa Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), que saiu impressionado com o dinamismo da Associação.

Ruy do Rio

José Ruy Dutra: Banda de Ipanema se despede do fundador
José Ruy Dutra: Banda de Ipanema se despede do fundador

Partiu para a grande folia eterna o publicitário José Ruy Dutra, um dos fundadores da Banda da Ipanema, o tradicional bloco de Carnaval carioca que todo ano arrasta milhares pelas ruas do bairro mais charmoso do Rio. Nascido em Botafogo há 85 anos, Dutra foi uma figura essencialmente carioca no melhor sentido do termo, combinando o modo jovial e descontraído típico dos habitantes do Rio com extrema correção ética e responsabilidade de quem leva a sério a alegria. Uma equação de sucesso, que usou para criar sozinho as três filhas, Adriana, Paula e Cláudia, depois que ficou viúvo aos quarenta anos. Duas das três, Adriana e Cláudia, dirigem a Inffinito, fundação que promove festivais do cinema brasileiro pelo mundo afora, sendo o mais célebre deles o Festival de Miami, onde as irmãs começaram há mais de vinte anos. De tanto envolvimento com filmes, Adriana virou cineasta, e trouxe o pai Ruy para as telas como personagem do documentário “Quero Botar meu Bloco na Rua”, sobre a história dos blocos e bandas de Carnaval no Rio de Janeiro. Elegante no seu paletó de linho e chapéu florido, Ruy conta no documentário como fez de um pequeno bloco de rua um dos maiores símbolos do Carnaval de rua do Rio de Janeiro. Este ano, a banda saiu pela última vez sob a bênção de seu fundador, à frente com o mesmo chapéu florido, o mesmo paletó de linho e a mesma alegria discreta e elegante de sempre. Ruy deixa a vida para se tornar mais uma daquelas figuras cariocas lendárias, ao lado de tantos e tantos apaixonados pela cidade. Não é à toa que seu escritor preferido era João do Rio, o mordaz e irreverente cronista carioca do século passado. Como ele, Ruy também é a cara do Rio. Partiu à francesa, sem despedir-se, em casa, com a habitual elegância.

Com toda certeza foi recebido com muita festa onde está agora.

BACCF de pé na estrada

A Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos da Flórida (BACCF) deu a partida no mês de abril a mais um dos seus já célebres Road Shows, uma série de palestras realizadas por membros e diretores da entidade a empresários brasileiros interessados em ingressar no mercado norte-americano. Este ano, a primeira parada é em Maringá (PR). Depois o Road Show segue para Londrina e São Paulo. Os palestrantes são Eveline Martins (Banco do Brasil Americas), Carlos Mariaca (Center Group), Jon Aboitiz (FranPassport), Fernando Mello (IMGroup) e Luiz Flavio Alves  (Piquet Law Firm).

Com temas que vão da importância da Flórida para o mercado global aos aspectos legais, tributários e imigratórios que regem o investimento empresarial no estado, o Road Show da BACCF é um recurso inestimável para a melhor orientação do empresário brasileiro na hora dele investir nos Estados Unidos. Um mercado gigantesco, mas com particularidades que podem surpreender os investidores mais afoitos.