Cobra píton birmanesa de 6 metros e 50 quilos é capturada na Flórida

O enorme réptil foi pego quando deslizava por uma rodovia na Flórida

0
916
Foto mostra um close-up de uma píton birmanesa. A espécie é invasora na Flórida (Foto: tomava)
Foto mostra um close-up de uma píton birmanesa. A espécie é invasora na Flórida (Foto: tomava)

A cobra gigante foi capturada por três caçadores amadores no condado de Collier e pode ser uma das maiores já encontradas no estado, informou Wink News.

As pítons birmanesas são uma espécie invasora na Flórida. Elas foram introduzidas pela primeira vez no meio ambiente na década de 1970 – provavelmente como animais de estimação exóticos soltos na natureza. Desde então, têm impactado severamente o ecossistema nativo, pois se alimentam da vida selvagem nativa, como veados de cauda branca, causando um grande problema na preservação das zonas úmidas.

A espécie pode crescer para tamanhos enormes. Em média atingem de 3 a 5 metros, no entanto, algumas crescem bem mais. Também se reproduzem rapidamente e a população do estado cresceu muito nos últimos anos. Por esta razão, a caça da espécie é incentivada.

Particularmente grandes, as cobras fêmeas são muito procuradas, pois sua captura impede a reprodução da espécie.

Jake Waleri, Joshua Laquis e Stephen Gauta estavam caçando pítons birmanesas quando inesperadamente encontraram a enorme cobra. Eles estavam dirigindo pela US-41 perto da estação Monroe quando a viram na estrada.

“Olho para cima e vejo algo bloqueando toda a estrada. Levo um segundo e apenas vejo um movimento de cabeça e começo a gritar”, disse Waleri ao Wink News.

Waleri disse que ele e seus companheiros não esperavam encontrar algo tão grande.