Coiotes se espalharam pelo sul da Flórida, diz FWCC

Moradores estão sendo orientados a não deixar animais de estimação circulando livremente

0
1781
Coiotes não são agressivos contra humanos, ataques a cães, entretanto, são comuns (foto: Reprodução FWCC)

A administração dos parques públicos do condado de Broward, FL, organizou  uma reunião com membros do FWCC ( Florida Fish and Wildlife Conservation Commission), para aprender a lidar com a presença de coiotes.

Segundo o FWCC, a incidência desses animais em áreas urbanas da região tem aumentado exponencialmente.  “Os coiotes estão em quase todo o sul Flórida, e esses animais estão em movimento, adaptando-se às paisagens em constante mudança”, diz o órgão.

De Miami à Tamarac, eles têm sido vistos em busca de alimentos, perseguindo pequenos mamíferos e patos.

Como eles vieram parar aqui? A bióloga Angeline Barker disse que “eles usaram pontes e estradas ou vieram nadando”. “Os coiotes são nadadores bastante fortes”, declarou ela em entrevista à Local10News.

Os moradores estão sendo orientados a não deixar animais de estimação circulando livremente e manter luzes acesas em pátios e áreas ao ar livre sempre que houver suspeita de um coiote nas redondezas das residências.

A bióloga observou que é incomum coiotes atacarem pessoas, então isso não é “algo para se alarmar, mas é preciso estar ciente”. Ataques a cães, entretanto,  são muito mais comuns. 

Confira abaixo um vídeo explicativo sobre como lidar com a presença de coiotes.