Com 1 bilhão de acessos, brasileiro leva R$ 1 milhão por ano no YouTube

Pedro Afonso afirma que passa quase 24 horas por dia no Youtube

0
1515

DA REDAÇÃO (com Folha de S. Paulo) – Com apenas 19 anos, Pedro Afonso Rezende entrou no começo do mês de setembro para um grupo seleto de brasileiros: os donos de canais do YouTube com mais de 1 bilhão de visualizações em seus vídeos.

Antes dele, apenas as produções “Galinha Pintadinha” e “Porta dos Fundos”, além do canal do cantor Michel Teló haviam alcançado o número.

A diferença é que os vídeos de Rezende são sobre games, em especial o “Minecraft”, no qual o jogador pode construir praticamente qualquer coisa a partir de blocos. Canais em que os youtubers narram a construção de castelos e naves no game tornaram-se febre, especialmente entre as crianças.

Os vídeos são postados no canal “RezendeEvil”, um trocadilho com o sobrenome do youtuber e o clássico game de terror “Resident Evil”. Aliás, foi procurando dicas sobre esse jogo que Rezende conheceu o mundo dos vídeos sobre games. Em pouco tempo, deixou de ser apenas espectador e passou a publicar conteúdo.

Hoje, ele fatura R$ 1 milhão por ano com anúncios do YouTube em seus vídeos –essa renda é acrescida em 50% a 60% com a participação em eventos e comerciais.

“Minha vida é 24 horas no YouTube”, afirma em entrevista à Folha. Ele conta que sua agenda diária é construída em torno da publicação dos vídeos. Das 13h às 20h, um editor vai à sua casa para editá-los. O restante do tempo é destinado às gravações. Só não filma aos domingos.

Para chegar ao bilhão, Rezende chegou a publicar seis vídeos por dia. O plano, porém, é ficar com três publicações diárias. “Várias coisas contribuem para a audiência: a frequência é uma. A pessoa chega da escola e assiste ao canal. Ela vai jantar e vê o canal”, diz.

“E eu criei um personagem. O modo como eu falo é mais infantil que os outros canais sobre o game. Já houve muitos pais que me falaram deixar os filhos verem só o meu canal, pois não falo palavrão”, conta.