Estados Unidos Manchete

Companhias remarcam voos de final de ano diante do clima severo de inverno nos EUA

Com condições de nevasca e sistemas de clima frio em 17 estados, companhias aéreas pedem que passageiros reavaliem suas datas de viagem nas próximas semanas

Companhias aéreas remarcam voos de final de ano em todo o país. Foto: TravelOff

Com um clima severo de inverno atingindo todo o país, companhias aéreas começaram a oferecer condições especiais para remarcação de voos nas últimas semanas do ano. Um boletim do Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) diz que um “forte sistema de alta pressão ártica” desceu do Canadá na terça-feira (20) em direção às Grandes Planícies, devendo chegar ao Meio-Oeste e ao Sudeste dos EUA nos próximos dias. Diante das condições de nevasca e sistemas de clima frio em 17 estados, as companhias aéreas pedem que seus passageiros reavaliem suas datas de viagem.

A American Airlines está oferecendo isenção de taxa de alteração de voo em mais de 60 aeroportos para aqueles que reservaram até 19 de dezembro e estão viajando entre 22 e 24 de dezembro.

Para clientes rumo à cidades como New York, Baltimore, Cleveland e Ohio, a JetBlue está isentando as taxas de alteração de voo para aqueles que reservaram antes de 20 de dezembro e viajam em 22 ou 23 de dezembro.

Na Delta Airlines, as isenções de diferença de tarifa estão sendo atribuídas a clientes que viajam ao Centro-Oeste, Nordeste e Noroeste do Pacífico. Para os clientes do Centro-Oeste, os voos de 21 de dezembro ao dia de Natal estão sendo afetados. Novos voos podem partir até 28 de dezembro, mas apenas para aqueles que reservaram antes de 20 de dezembro. Para clientes com cidades do Nordeste em seus itinerários, o clima deve afetar os voos entre 22 e 24 de dezembro. Novos voos devem ser remarcados, saindo até 27 de dezembro se o voo original foi reservado antes de 20 de dezembro.

A Spirit Airlines está remarcando voos partindo ou chegando no Nordeste de 22 a 24 de dezembro e no Centro-Oeste de 21 a 23 de dezembro. Novos voos devem ser reservados até 28 de dezembro. Após o dia 28, a cobrança de alteração de voo ainda será isenta, mas poderá haver diferença de tarifa.

A Southwest Airlines está oferecendo códigos de isenção para viagens pelo Nordeste, Centro-Oeste e Oeste para voos originalmente programados entre 20 e 26 de dezembro, dependendo da cidade. Os clientes podem remarcar um novo voo que parta até 14 dias após a reserva original.

A United Airlines eliminou permanentemente as taxas para alterar voos, mas emitiu isenções para diferenças de tarifas para viagens de férias em grande parte do país. No Centro-Oeste, os voos reservados antes de 17 de dezembro que partem entre 21 de dezembro e o dia de Natal, os clientes podem remarcar até 30 de dezembro. Clientes com destino ao Centro e ao Noroeste dos EUA, também a Costa Leste e ao Texas, podem remarcar até 28 de dezembro se seus voos originais foram reservados antes de 18 de dezembro.

A Alaska Airlines está aconselhando os clientes a chegarem cedo aos aeroportos de cidades como San Francisco e New York devido às filas mais longas. A companhia não vai cobrar diferenças de tarifa para voos de ida e volta entre Seattle em voos reservados para 20 de dezembro. Novos voos podem ser remarcados até 27 de dezembro. Aqueles que reservaram voos não reembolsáveis ​​podem receber um crédito de voo.