Comunidade brasileira lamenta a morte de Geraldo Corredor da Paz

Personalidade querida da comunidade, Geraldo da Silva Carlos morava nos Estados Unidos há mais de 30 anos e era radicado em Newark, New Jersey

0
1373
Geraldo Corredor da Paz está passando uma temporada na Flórida
Geraldo Corredor da Paz morreu no último dia 5 de abril em NJ

O brasileiro Geraldo da Silva Carlos, mais conhecido como “Geraldo Corredor da Paz”, morreu nesta terça-feira (5). Ele estava internado depois de ser vítima de um AVC, teve morte cerebral e os aparelhos foram desligados. Geraldo já havia passado por cinco cirurgias cardíacas nos últimos anos.

Com seu bom-humor, fé e carisma, Geraldo Corredor da Paz se orgulhava em dizer que era de Governador Valadares, Minas Gerais, e morava nos Estados Unidos há mais de 30 anos. Muito querido pela comunidade brasileira em Newark, New Jersey, onde vivia, ele ajudava de forma voluntária a polícia a localizar bandidos.  

Amigo de Geraldo de longas datas, o jornalista Roberto Lima, escreveu um texto sobre o amigo. “Nenhum lugar foi tão dele (Geraldo) quanto Newark. De vez em quando pegava uma carona para a Flórida e ficava uma temporada por lá. Massachusetts também foi, muitas vezes, a sua casa. Nosso Geraldo era marinheiro, índio americano, Abraham Lincoln, judeu com uma estrela loura de Davi esculpida no topo do cocuruto e, como tais, ele se vestia”, descreve Lima. “A faixa da chegada se aproxima para ele e, onde muitos de nós leriam a palavra “Fim”, pode-se ler, finalmente, a palavra Paz”, concluiu o amigo.

O fundador do jornal Brazilian Times, Edirson Paiva, escreveu em seu Facebook a razão pela qual ele era chamado de corredor. O brasileiro caminhava longas distâncias, sempre com seu casaco repleto de medalhas e honrarias. “Quanto a ser corredor, eu diria o termo correto seria “caminhador! Geraldo caminhava de Newark (NJ) até Nova York City sem problemas. Me disse uma vez que caminhou de Boston a Cape Cod (diz ele que queria fazer uma homenagem a família Kennedy”, descreveu o jornalista.

Segundo o jornal Brazilian Voice, Geraldo Carlos será velado neste sábado (9), entre 3:00pm e 5:00pm, na Las Rosas Funeral Home: 1055, East Jersey Street, em Elizabeht (NJ). O corpo será cremado posteriormente.

Nos últimos anos, Geraldo visitou algumas vezes a redação do jornal AcheiUSA, que por meio de seus funcionários lamenta a morte do nosso conterrâneo e amigo.