Consulado dos EUA no Rio de Janeiro não tem mais processos de vistos pendentes devido à pandemia

Segundo o Departamento de Estado, o acúmulo de pedidos de vistos causado pela pandemia foi eliminado em apenas seis meses, graças ao esforço dos funcionários

0
1363
Emissão de vistos está alcançando níveis anteriores à pandemia (Foto Canva)

O Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro anunciou na última semana que, graças à uma força-tarefa dos funcionários do local, a fila para o processamento de vistos causada pela pandemia chegou ao fim.

Segundo o Departamento de Estado, o acúmulo de pedidos de vistos foi eliminado em apenas seis meses. “O time consular do Brasil está no ritmo para superar os níveis de processamento de vistos de 2019. Estamos focados em aumentar nossa capacidade para corresponder à demanda por vistos e reduzir a espera”, afirma a Secretária-Assistente de Assuntos Consulares, Rena Bitter, em visita à Embaixada dos EUA em Brasília.

A secretária afirma que em São Paulo, o trabalho árduo dos funcionários “reduziu a espera e já emitiu mais de 100 mil vistos de não imigrantes”. Esses vistos são os de turismo e negócios (B1/B2).

O visto de turismo corresponde a 92% de todas as solicitações de vistos ao governo americano. Nos primeiros cinco meses de 2022, 319 mil vistos B1/B2 foram emitidos. Durante a pandemia, quando os consulados no Brasil ficaram fechados, foram emitidos apenas 978 vistos. (Com informações do UOL)