Consulados americanos no Brasil restabelecem atendimento nesta segunda-feira, 8

Embaixada dos EUA informa que solicitantes de visto devem checar disponibilidade de datas para entrevistas, que vêm sendo atualizadas diariamente

0
1114
Consulado de Porto Alegre já está funcionando
Consulado de Porto Alegre já está funcionando

A Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil retomaram, nesta segunda-feira (8), o atendimento ao público mediante agendamento e as emissões de todos os tipos de vistos. Os consulados estavam fechados ao público desde maio de 2020, o que gerou um grande acúmulo no processamento de processos imigratórios e emissão de vistos.

 “Trazemos boas notícias para nossos amigos brasileiros e entendemos a importância das viagens entre o Brasil e os EUA. Os brasileiros podem saber que todas as equipes consulares da Embaixada e Consulados vão fazer o máximo para disponibilizar mais vagas para entrevistas,” afirma o porta-voz da Embaixada dos EUA, Tobias Bradford.

De acordo com o porta-voz e o chefe da seção consular, Antonio Agnone, um número significativo de vagas para entrevistas, incluindo datas para este ano, já foram disponibilizadas. As entrevistas já marcadas poderão ser reagendadas para uma data mais próxima de acordo com a disponibilidade.

A Embaixada dos EUA em Brasília e consulados em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife recomendam que os solicitantes de visto chequem regularmente o site de agendamento para novos horários. “Informamos, também, que vistos de estudantes estão sendo emitidos desde maio deste ano e continuam a ser prioridade para agendamento”, acrescenta.

A reabertura vigente a partir de 8 de novembro define que os viajantes completamente imunizados deverão apresentar, antes do embarque, o comprovante de vacinação – incluindo o nome, a data de nascimento, o produto vacinado e as datas da administração de todas as doses – e um teste PCR ou antígeno negativo feito até três dias antes do embarque. Serão aceitas todas as vacinas aprovadas integralmente e para uso emergencial pelo FDA e Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o mix de vacinas. A dose final deve ser administrada ao menos duas semanas antes do embarque para os EUA.

Crianças e adolescentes de até 17 anos não precisam apresentar o comprovante de vacinação, mas devem ter um teste negativo realizado no mesmo período dos adultos que os acompanham. Este novo sistema de viagens substitui as restrições existentes para o Brasil e outros países, implementando uma abordagem consistente em todo o mundo. Para mais informações sobre o agendamento de vistos, clique aqui.