Conta no Twitter identifica militantes de extrema-direita na Virgínia

Após os violentos confrontos na cidade, a conta "Yes, You're Racist" no Twitter começou a identificar pessoas que tinham participado dos atos da supremacia branca

0
1750
Homem identificado nos protestos já foi demitido

DA REDAÇÃO, COM REUTERS – Uma conta do Twitter está identificando quem participou de protestos na cidade de Charlotesville, Virgínia, no final de semana. O grupo de manifestantes branco-nacionalistas — incluindo neo-nazistas, skinheads e membros da Ku Klux Klan — dirigiram-se a Charlotesville para uma passeata batizada de Unite the Right (Pela União da Direita).

No sábado (12), houve confrontos de integrantes da supremacia branca com grupos anti-extremistas. James Alex Field, de 20 anos, jogou o carro que dirigia contra um grupo que protestava contra a supremacia branca, matando uma mulher e deixando pelo menos 19 feridos. O homem está preso.

Após os violentos confrontos na cidade, que chegou a declarar situação de emergência, a conta “Yes, You’re Racist” (“Sim, você é racista”), no Twitter, começou a identificar pessoas que tinham participado dos atos da supremacia branca.

Cole White, um dos primeiros a ser identificado, foi demitido do restaurante onde trabalhava em Berkeley, na Califórnia. A informação foi divulgada em um cartaz na porta da lanchonete.

A conta na rede social foi criada em 2012 e, segundo seu administrador, desde então denuncia casos isolados de racismo. Nesta segunda-feira (14), a “Yes, You’re Racist” contava com 264 mil seguidores.

Peter Cvjetanovic, outro jovem identificado pela rede social, criticou a iniciativa. Estudante universitário, ele conta que viajou a Charlottesville para “transmitir a mensagem de que a cultura europeia tem o direito de existir, como qualquer outra”.

À rede KTNV, o rapaz que vive em Reno, disse que não esperava que sua foto fosse compartilhada nas redes sociais. “Entendo que a foto tenha uma conotação muito negativa”, afirmou, dizendo ainda não ser racista. Citado pela Newsweek, ele contou que queria se manifestar contra a “substituição da herança branca”.

Em sua própria conta no Twitter, criada neste final de semana, Cvjetanovic se identifica como “nacionalista branco” e afirma estar disposto a limpar o seu nome.

A manifestação foi convocada depois que a cidade anunciou a retirada de uma estátua localizada em parque local. O grupo foi confrontado por centenas de pessoas que organizaram um anti-protesto, causando tumulto e combates violentos em plena rua. Por conta disso, o governador da Virginia, Terry McAuliffe, declarou estado de emergência.

Previous articleHoróscopo
Next articleHumor
Fundado em outubro de 2000, o AcheiUSA Newspaper é um jornal semanal em português distribuído gratuitamente por centenas de estabelecimentos comerciais brasileiros, americanos e hispânicos, espalhados pelo estado da Flórida. Com notícias locais, imigração, cultura, agenda de eventos, cobertura social, negócios e a maior seção de anúncios classificados grátis em português fora do Brasil, o AcheiUSA é o mais completo e popular portal para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos.