Covid-19: Dois hospitais do sul da Flórida estão entre os primeiros a receberem a vacina da Pfizer

A expectativa é de que o primeiro lote da vacina seja distribuído em meados de dezembro.

0
1275
O Jackson Health System em Miami será um dos primeiros a receber a vacina (foto: JMH)
O Jackson Health System em Miami já se prepara para a distribuição dos medicamentos (foto: JMH)

O Jackson Health System em Miami será um dos primeiros a receber a vacina da Pfizer contra a covid-19, revelou à imprensa a porta-voz do hospital, Lidia Amoretti, nesta quarta-feira (18).

A expectativa é de que o primeiro lote, de fornecimento limitado, seja distribuído em meados de dezembro.

No início dessa semana, o laboratório informou que a sua vacina tem mais de 90% de eficácia. Em um primeiro momento, terão prioridade em receber as doses do medicamento os profissionais da linha de frente de saúde.

“Concluímos o registro adequado para sermos elegíveis para a participação no Florida Shots Program. Esperamos receber um suprimento limitado da vacina Pfizer covid-19 em meados de dezembro e estamos preparados com o armazenamento adequado para começar a distribuição imediata”, disse a porta-voz.

“Adquirimos equipamentos, como freezers ultracongelados, para garantir que temos capacidade de armazenar a vacina com segurança”.

Além do Jackson, o Memorial Healthcare System de Hollywood também confirmou que seria um dos primeiros no estado a receber uma vacina contra o coronavírus.

“O Memorial Healthcare System está preparado para receber e armazenar adequadamente as vacinas covid-19 e seguirá as orientações do CDC para administrar as doses”, disse o porta-voz Kerting Baldwin.

“Os dados iniciais e a eficácia das vacinas covid-19 são encorajadores, mas não são toda a história. Tão importante quanto a vacina é a prática de seguir as orientações de segurança: usar máscara, praticar distância física e lavar as mãos com frequência. De acordo com o Departamento de Saúde da Flórida, o Memorial é um dos cinco sistemas de saúde em todo o estado que receberá as vacinas nas próximas semanas”, concluiu.