Criança de 3 anos é esquecida em carro trancado e morre de insolação  

Caso aconteceu em Miami Gardens, na porta de um centro educacional judaico

0
575
A sensação térmica na região do Lubavich Education Center chegou a 103 graus Fahrenheit na hora do incidente (Foto: CrownHeights – Divulgação)
A sensação térmica na região do Lubavich Education Center chegou a 103 graus Fahrenheit na hora do incidente (Foto: CrownHeights – Divulgação)

O sul da Flórida registrou mais um caso fatal por esquecimento dentro de um veículo. A vítima desta vez é uma criança de três anos, que foi deixada pelos pais no carro por cerca de seis horas, sob o sol escaldante da segunda-feira (11 de julho), um dos dias mais quentes do ano na região. O incidente ocorreu em Miami Gardens, na porta de um centro educacional judaico.

Segundo o boletim de ocorrência divulgado pela polícia, os pais da criança trabalham na instituição e chegaram para as atividades logo cedo pela manhã com os filhos. Um deles, porém, foi acidentalmente esquecido pelo casal no carro e passou seis horas no automóvel fechado. Por volta de 3pm, alguém da escola mencionou ao pai que não tinha visto a criança naquele dia – e aí já era tarde. A temperatura em Miami ontem atingiu a máxima de 93 graus Fahrenheit, com sensação térmica de 103 graus.

Representantes do Lubavich Education Center lamentaram, em um comunicado, o ocorrido e afirmaram que disponibilizaram um terapeuta e um conselheiro de luto para funcionários e alunos. “A tragédia atingiu nossa comunidade escolar e muitos foram afetados. Palavras não vão conseguir traduzir a tristeza que estamos sentindo”, escreveu Benzion Korf, presidente da instituição.

A polícia está tentando acessar os vídeos das câmeras de segurança no prédio para esclarecer o que exatamente aconteceu. Não há informações sobre que tipo de acusação do ponto de vista legal será atribuída aos pais. A Flórida é o segundo estado que mais registra ocorrências deste tipo nos EUA desde 1998. Nos anos de 2018 e 2019, 53 crianças morreram de insolação por ficarem presas em um veículo trancado, a maioria delas esquecidas por um dos pais, de acordo com a National Highway Transportation and Safety Administration.