Criança fica em estado grave após ter peito perfurado por  bagre na região de Tampa

O barbilhão do peixe atingiu uma profundidade de 1 a 1 ½ polegada na cavidade torácica do garoto durante uma pescaria

0
847
Bagres, ou catfishes, em inglês, são abundantes em toda a Flórida (foto: FWCC)

Um menino de aproximadamente dez anos de idade foi hospitalizado nesta terça-feira (21), após ter o peito perfurado pelo barbilhão de um bagre na região de Tampa, na FL, durante uma pescaria.  O menor foi levado de helicóptero para o St. Joseph’s Hospital  em estado grave.

Agentes do Pasco County Fire Rescue receberam uma ligação da mãe da criança dizendo que estava dirigindo para o hospital, mas observou que o filho tinha dificuldade para respirar. Os oficiais resgataram a vítima na US-19 em New Port Richey. 

Mais tarde, o tenente Corey Dierdorff , disse pelas redes sociais que o barbilhão – popularmente conhecido como ferrão ou bigode – do peixe chegou a cerca de 1 a 1 ½ polegada de profundidade na cavidade torácica do garoto. Não ficou claro se o tipo de bagre que o feriu era venenoso. Dierdoff acrescentou que o menino foi medicado e seu estado de saúde era estável.

Bagres, ou catfishes, em inglês, são abundantes em toda a Flórida, principalmente em canais. Eles desovam em buracos e fendas na água corrente. De acordo com a Florida Fish and Wildlife Comission (FWCC), alguns são venenosos, outros inofensivos. A picada, causa dor intensa, infecção, comprometimento respiratório, hipotensão arterial e arritmias cardíacas.