Criança morre afogada em piscina cheia de algas e detritos em Lauderhill

Menino de três anos estava sob os cuidados dos bisavós enquanto os pais trabalhavam

0
5937
Parentes choram a morte de criança afogada
Parentes choram a morte de criança afogada

A família de um menino de três anos, que se afogou numa piscina cheia de algas e detritos na tarde de domingo (27) em Lauderhill (FL), está inconformada com a tragédia. A criança estava sob os cuidados dos bisavós enquanto os pais trabalhavam. O acidente ocorreu no 3700 da NW 4th Street.

A polícia disse que os bisavós perderam o menino de vista por volta das 4 da tarde e começaram a procurar por ele. “Ele já estava acostumado a circular entre as casas dos parentes que moram perto. Eles pensaram que o menino estava brincando de esconde-esconde e começaram a procurar em casa e na vizinhança”, disse Greg Solowsky, da polícia de Lauderhill.

Quando eles perceberam que o menino não estava em lugar nenhum, entraram em pânico e um policial que estava no local para outra ocorrência e viu a movimentação. A polícia começou a procurar pelo menino quando viram uma piscina abandonada, verde de alga e cheia de detritos e que não dava para ver o fundo.

“Os agentes começaram a procurar dentro da piscina e localizaram o menino afogado”, informou Greg. Eles tentaram reanimá-lo, levaram para o hospital, mas ele já estava morto.

A polícia lembra que essa tragédia serve como alerta para outras famílias. “Não deixa crianças sozinhas e sempre mantenha as piscinas cercadas”.