Negócios

Crianças de dez anos são flagradas trabalhando até às 2 da manhã em McDonald’s do Kentucky  

Segundo o U.S. Department of Labor, 305 menores de idade foram flagrados trabalhando em três franquias da rede de fast food em Louisville (KY)

McDonald’s emprega cerca de 800 mil pessoas em todos os EUA (foto: Pixabay)

O U.S. Department of Labor multou três franquias do McDonald’s por empregarem 305 menores de idade em Louisville, Kentucky.

Segundo a denúncia do departamento, duas crianças de dez anos foram encontradas trabalhando na cozinha do restaurante até às 2 da manhã. “Investigadores do departamento concluíram que as crianças trabalhavam perto do fogo, em condições perigosas e algumas não eram pagas”, diz a denúncia.  

“Infelizmente, é muito frequente que empregadores explorem da mão de obra infantil. Sob nenhuma circunstância, uma criança de dez anos deveria estar trabalhando em uma cozinha de fast food perto de chapas quentes, fritadeiras e fogões”, disse a diretora do departamento no estado, Karen Garnett-Civils.

Os investigadores multaram a Bauer Food LLC, Archways Richwood LLC e a Bell Restaurant Group em um total de $212 mil pelas violações. Juntas, as três empresas têm 62 lojas do McDonald’s no Kentucky, Indiana, Maryland e Ohio.

Uma executiva da rede de fast food, Tiffanie Boyd, disse à CNN que essas denúncias são graves e inaceitáveis. “Esse relatório nos preocupa muito e vai contra as expectativas que temos dos franqueados. Estamos comprometidos em garantir que nossas franquias tenham todos os recursos necessários para promover um ambiente de trabalho seguro para todos os funcionários, de acordo com as leis trabalhistas”.

As leis trabalhistas dos Estados Unidos permitem que menores de 16 anos trabalhem sob as seguintes condições: fora do horário da escola, não mais que três horas por dia em dias de escola e não mais que oito horas por dia em dias que não tem escola; não mais que 18 horas por semana e no máximo até às 7 da noite.

Share This Post:

Baixe nosso aplicativo