Dada a largada para a Fórmula Indy

0
1741

A categoria do automobilismo que consagrou vários pilotos brasileiros começa neste final de semana em St. Petersburg, na Flórida. O Brasil continua com dois representantes. Aliás, dois ótimos representantes. Helio Castroneves já venceu a Indy 500 por três vezes – em 2001, 2002 e 2009 – e Tony Kanaan já ganhou a lendária prova uma vez no ano de 2000 e foi campeão da Fórmula Indy em 2004, além de ter sido escolhido como o piloto mais popular da categoria em 2013.

Partida histórica

A goleada de 6 a 1 do Barcelona sobre o PSG na Catalunha na quarta-feira (8) é uma partida para ficar na história dos grandes jogos de futebol de todos os tempos. No confronto anterior realizado em Paris, o time do PSG goleou o Barcelona por 4 a 0 e praticamente selou sua classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Para reverter esta vantagem, o time espanhol precisaria vencer por cinco gols de diferença ou devolver os 4 a 0 e derrotar o adversário na série de pênaltis. O time francês entrou desconcentrado em campo e, logo aos 3 minutos, Suarez abriu o placar para o Barcelona e foi para o intervalo com 2 a 0 após o gol contra de Kurzawa. No início da segunda etapa, Neymar sofreu pênalti, cobrado e convertido por Messi. Aí, Cavani marcou um golaço para o PSG e jogou um balde de água fria sobre o Camp Nou. Quando todos pensavam que tudo estava resolvido, Neymar virou protagonista. Ele marcou um belo gol de falta, converteu outro ao cobrar pênalti sofrido por Suarez e deu o passe decisivo para Sergi Roberto fazer o sexto gol do Barcelona no último lance do jogo. Apesar de ter sido um jogo épico do Barcelona, não se pode deixar de frisar que o árbitro ajudou bastante a equipe espanhola ao marcar um pênalti inexistente sobre Suarez e ao não dar dois pênaltis cometidos por Mascherano. Ou seja, o time midiático teve ajuda da arbitragem, porém, deve-se enaltecer a virada heróica. Lembrou a virada incrível do New England Patriots sobre o Atlanta Falcons no Super Bowl deste ano. São dois jogos para ficar nos anais do esporte mundial.

Outros destaques

Gil de Ferran também foi outro brasileiro a vencer na Indy 500 em 2003. E, claro, não podemos nos esquecer de fenômeno Emerson Fittipaldi, ganhador da icônica prova nos anos de 1989 e 1993, além de ter sido campeão da categoria em 1989 e obter dois vice-campeonatos em 1993 e 1994. A categoria revelou ainda três pilotos brasileiros como Novatos do Ano: Airton Daré, em 2000; Felipe Giaffone, em 2001, e Raphael Matos em 2009. Além destes, vários outros pilotos se destacaram na categoria que hoje se resume a Kanaan e Castroneves.

O campeão é francês

Simon Pagenaud é o atual campeão da categoria. O francês é preciso e meticuloso sobre o que ele diz e fa e como ele encara a vida. Assim, se você lhe pergunta sobre como defender seu título de campeão na Verizon IndyCar Series, ele polidamente corrige ao lembrar que não está defendendo um título e sim persguindo outro. “‘Defesa não é a palavra certa porque você volta à estaca zero este ano. O ano passado já acabou. Ganhamos e queremos ganhar novamente em 2017.Agora, todos têm as mesmas chances”, frisa Pagenaud, o único francês a ter vencido um campeonato nesta categoria automobilística.

Chapecoense estreia com vitória na Copa Libertadores da América

Todos sabem que jogar a Copa Libertadores é enfrentar um clima hostil armado pela torcida adversária. A Chapecoense, no entanto, está revertendo esta máxima. Mesmo quase 100 dias depois do acidente de 29 de novembro, a Venezuela deu provas que o clube segue sendo o queridinho da América do Sul. Foi tanto afeto recebido em Maracaibo, que a Chape se sentiu em casa. Ficou tão à vontade que fez 2 a 1 na equipe venezuelana – gols de Reinaldo e Luiz Antonio e Arango para o Zulia -, na noite de terça-feira (03/07), no estádio Pachencho Romero, e largou na frente no Grupo 7 da maior competição de clubes das Américas. O duelo em Maracaibo não teve nada daquilo que sempre se falou sobre Libertadores. Catimba, jogadas violentas, falta de hospitalidade? Esqueçam. A Chape foi acarinhada desde bem antes do pontapé inicial. A Chape receberá o Lanús na Arena Condá em Santa Catarina, na próxima semana.

Flamengo estreia na Libertadores com goleada

Justificando a razão pela qual é um dos favoritos ao título, o Flamengo fez uma ótima partida e goleou o San Lorenzo de Almagro por 4 a 0, com gols de Diego, Trauco, Romulo e Gabriel. E Guerrero ainda perdeu um pênalti. O domínio total do Rubro-negro no Maracanã foi incentivado por mais de 53.000 torcedores – o maior público do futebol brasileiro em 2017. O Fla mostrou que se recuperou bem da derrota para o Fluminense na final da Taça Guanabra. As duas equipes fizeram um jogo eletrizante que terminou em 3 a 3 no tempo normal. Porém, os batedores de pênaltis do Tricolor carioca foram mais eficientes e a Taça Rio está na galeria de troféus da sede do clube nas Laranjeiras. O Flamengo jogará com a Universidad Católica em Santiago na próxima semana e San Lorenzo receberá o Furacão.

Palmeiras arranca empate heroico em Tucumán

O Verdão não conseguiu a vitória na Argentina, no entanto, demonstrou ser um time “cascudo” para jogar a Copa Libertadores da América. Embora o Atlético Tucumán seja uma equipe limitada, jogar em um campo pequeno com torcida adversária fungando no cangote não é fácil. Para piorar, uma atuação desastrosa do bom zagueiro Vitor Hugo quase põe tudo a perder. O Palmeiras estava dominando a partida e já havia criado oportunidades para abrir o placar quando o zagueiro palmeirense foi expulso aos 21 minutos do primeiro tempo, deixando sua equipe com dez jogadores. Isto obrigou o técnico Eduardo Batista a tirar Michel Bastos para colocar o zagueiro Antonio Carlos. A situação piorou quando Zampedri abriu o placar. No entanto, Keno empatou ainda na primeira etapa. Depois, o time paulista controlou a partida e, mesmo com um jogador a menos, esteve mais perto da vitória do que seu adversário. Na próxima semana, o Palmeiras receberá o Jorge Wilstermann da Bolívia enquanto o Atlético Tucumán viajará para Montevidéu onde jogará contra o Peñarol do Uruguai, goleado pela equipe boliviana por 6 a 2 pelo time de Cochabamba na primeira rodada.

Galo fica somente no empate com Godoy Cruz

O Atlético Mineiro foi outro time brasileiro a enfrentar uma equipe argentina, neste caso o Godoy Cruz. O Galo não mostrou bom futebol e ficou somente no empate em 1 a 1 – gols de Correa para o Godoy Cruz e de Fred cobrando pênalti para o Atlético MG. O resultado em si não pode ser considerado ruim, uma vez que empate fora de casa sempre é importante, pois, além de marcar um ponto, evita que seu adversário consiga três pontos. Entretanto, o empate ficou com sabor de derrota, sobretudo no final do jogo quando o Godoy Cruz ficou com um jogador a menos. Após a saída de Pratto, Fred está cada vez mais firmando-se como artilheiro absoluto do Galo, marcando 10 gols neste início de temporada em todas competições em que o Atlético MG está participando.

São Paulo volta a dar show, agora na Copa do Brasil

O Tricolor paulista, que esteve ameaçado de rebaixamento no Brasileirão de 2016, mudou completamente este ano depois que Rogério Ceni assumiu como técnico. Ele montou uma equipe bastante ofensiva que, em contrapartida, também sofre muitos gols. Nesta partida contra o ABC de Natal, no Morumbi, o São Paulo bateu a equipe potiguar por 3 a 1, com dois gols de Luiz Araújo e um de Pratto, e de Márcio Passos para o ABC. Agora, o time paulista voltará a enfrentar o ABC-RN em Natal e pode perder até por 1 a 0 para se classificar. Antes disto, porém, terá um clássico contra o Palmeiras no Allianz Parque pelo Campeonato Paulista. No Paulistão, o Tricolor, líder do Grupo B com 14 pontos, marcou 21 gols em sete jogos (média de três gols por jogo) e sofreu 14 gols (média de dois gols por jogo). O Verdão também faz boa campanha, liderando o Grupo C com 15 pontos. É um jogo que promete.

Cruzeiro abre boa vantagem na Copa do Brasil

O Cruzeiro abriu ótima vantagem no mata-mata com o Murici, pela Copa do Brasil. Teve dificuldades no Estádio José Gomes da Costa, até pela péssima qualidade do gramado, mas começou a construir o placar numa jogada de bola parada. Especialista em faltas, o meia Thiago Neves achou a cabeça do zagueiro Manoel no segundo tempo. Depois, o atacante Ábila entrou, marcou mais um e definiu a partida em 2 a 0. Na próxima semana, a equipe alagoana terá o desafio de vencer a Raposa por 3 a 0 no Mineirão.

Internacional dá show no Maranhão 

Após um primeiro tempo magro, com a vitória parcial por 1 a 0, o Internacional garantiu o triunfo por 4 a 1 diante do Sampaio. Nico López abriu o placar, enquanto Paulão ampliou e Brenner marcou duas vezes. Daniel Barros, de falta, descontou para o Sampaio. O jogo de volta será realizado na próxima quarta-feira, no Beira Rio.Com o triunfo por 4 a 1, o Internacional tem boa vantagem para o jogo de volta. O Colorado pode perder por 3 a 0, que ainda fica com a vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O Tricolor maranhense tentará um resultado histórico para continuar na competição nacional. Foi um resultado animador para o Colorado do técnico Antonio Carlos Jobim.