Depressão tropical Fred se aproxima da Flórida e deixa partes do estado em alerta

Impactos da chegada do fenômeno devem começar a ser sentidos na noite de sábado nas Florida Keys e no sul do estado, com chuvas fortes e possibilidade de enchentes

0
2288
Depressão tropical Fred (foto: Weather Channel)

A depressão tropical Fred, o sexto fenômeno da temporada de furacões no Atlântico, é esperada para chegar à Flórida neste fim de semana, possivelmente como uma tempestade, trazendo fortes chuvas que causariam inundações em diversas partes do estado.

Os impactos da chegada de Fred começariam a ser sentidos na madrugada de sábado nas Florida Keys e no sul do estado.

A depressão chegou a ser elevada à categoria tempestade tropical por algumas horas entre quarta e quinta-feira, mas perdeu força e voltou a ser rebaixada. Entretanto, o National Hurricane Center (NHC) prevê que volte a ganhar força e se torne novamente tempestade à medida que se aproxima da Flórida.

De acordo com o boletim do NHC emitido às 8:30 a.m desta sexta-feira (13), Fred se encontrava a 315 milhas de distância de Key West, movendo-se a uma velocidade de 10 mph e carregando ventos de 35 mph em seu interior. Para se tornar uma tempestade a velocidade dos ventos preciso atingir no mínimo 39 mph.

Um aviso de tempestade tropical já está em vigor para toda Florida Keys até Dry Tortugas. O sul do estado também está em estado de alerta e autoridades começaram a tomar medidas cautelares.

O prefeito de Miami, Francis Suárez, disse em entrevista coletiva que o Emergency Operation Center foi parcialmente ativado para monitorar o desenvolvimento da depressão tropical.

Mas ainda há muita incerteza sobre o tipo de impacto que isso teria no sul da Flórida. “Até agora, tudo parece indicar que só receberemos chuvas fortes, talvez, enchentes nas zonas baixas ”, afirmou Suárez.

A partir desta sexta-feira até o início da próxima semana, a depressão tropical está prevista para despejar de 7 a 6 polegadas de chuva em Keys, no sul e na península central da Flórida, com quantidades máximas de 8 polegadas que podem causar inundações em áreas urbanas e transbordar pequenos riachos.