DeSantis diz que ‘não há chance de lockdown na Flórida’ por causa da variante ômicron

“Na Flórida, não vamos deixar que eles prendam você”. Não vamos deixar que tomem seus empregos. Não permitiremos que prejudiquem seus negócios", disse o governador

0
1160
Ron DeSantis em visita ao Indian River State College, em Fort Pierce, FL (foto: Fox35)
Governador Ron DeSantis FL (foto: Fox35)

O governador Ron DeSantis afirmou nesta segunda-feira (29) que “não há possibilidade de lockdown na Flórida” diante da ameaça da variante ômicron do coronavírus, recém-descoberta na África do Sul.

“Na Flórida, não vamos deixar que eles prendam você”. Não vamos deixar que tomem seus empregos. Não permitiremos que prejudiquem seus negócios, nem que fechem suas escolas”, falou DeSantis a um grupo de jornalistas em Orlando (FL).

O governador também se posicionou contra  as restrições de entrada de viajantes procedentes de oito países do sul da África nos EUA.  A medida que começa a valer a partir da próxima segunda-feira (6), foi anunciada pela Casa Branca na semana passada. “Temos que dar um passo atrás e reconhecer que essas restrições de viagem não funcionaram”, disse ele.

Além dos EUA; Espanha, França, Itália, Reino Unido, Alemanha, Holanda, Singapura, Áustria, Canadá e Israel já anunciaram restrições a viajantes dos seguintes países:  África do Sul, Moçambique, Namíbia, Zimbábue, Botsuana, Lesoto, Malawi e Suazilândia.