DeSantis oferece $5 mil para policiais não vacinados de outros estados se mudarem para Flórida

Ordem executiva autorizando o pagamento será assinada na próxima sessão legislativa

0
1471
Governador disse que quer ‘tirar vantagem’ do que ele considera um erro de outras cidades (foto: Flickr)

O governador Ron DeSantis disse durante um evento em North Venice nesta segunda-feira (25), que a Flórida está pronta para acolher os policiais que perderem seus empregos por recusarem a vacina contra a covid-19.

Ele falou que na próxima sessão legislativa irá assinar uma ordem autorizando um bônus de cinco mil dólares para motivar os agentes a se mudarem para o estado.

A decisão, segundo o governador, busca ‘tirar vantagem’ do que ele considera um erro cometido por outras cidades, como Chicago, que suspendeu salários de dezenas de policiais e bombeiros que desafiaram a ordem da prefeita que exigia a imunização.

“Estamos 100% entusiasmados em dizer que se você está sendo maltratado, desmoralizado, se não puder aceitar esse ambiente – nós temos vagas aqui – todas as pessoas irão apoiá-lo ,” disse ele.

DeSantis também afirmou que vai continuar lutando contra o passaporte da vacina e as medidas de restrições impostas pela administração federal e governos locais.

No início do mês, o departamento de saúde da Flórida multou o condado Leon, que inclui a capital Tallahassee, em $3,57 milhões, após a prefeitura anunciar a demissão de 14 empregados que se negaram a tomar a vacina.