Diretor de escola morre depois de doar medula óssea para ajudar jovem de 14 anos

Derrick Nelson ficou um mês em coma em um hospital de New Jersey depois de doar a medula e morreu domingo (7)

0
2873
Derrick Nelson morreu depois de um procedimento de doação de medula óssea
Derrick Nelson morreu depois de um procedimento de doação de medula óssea

O diretor da Westfield High School, Derrick Nelson, morreu no domingo (7), dois meses depois de doar a medula óssea para ajudar um jovem de 14 anos que vive na França. Depois de passar por cirurgia para retirada da medula no Berger County Hospital, Nelson, de 44 anos, não conseguia falar, nem se mover e acabou ficando em coma induzido.

Vale lembrar que este é um caso isolado, já que o procedimento é considerado de baixíssimo risco.

“Nós não sabemos o que de fato deu errado. Nós esperávamos que ele fosse voltar do coma, mas isso não aconteceu”, disse o pai de Nelson, Willie, que junto a outros familiares fizeram vigília no leito do hospital do diretor.

Antes de passar pelo procedimento, Nelson falou sobre o seu desejo em ajudar o jovem na França. “Se é somente um pouco de dor e um pouco de tempo para garantir a vida de alguém, vale a pena”, comentou.

Em entrevista ao jornal da escola na época, Nelson explicou que algumas complicações em sua saúde atrasaram a cirurgia, mas os médicos decidiram dar uma anestesia local para evitar problemas.

Alunos lamentaram a morte do diretor. “E sempre soube que ele era um grande homem e morreu em um ato heroico. Não havia quem não gostasse dele”, disse a aluna da escola Marcela Avans, de 16 anos.

Nelson serviu o Exército Americano por mais de 20 anos.