Disney anuncia mais demissões nos parques da Flórida e Califórnia

Empresa havia anunciado o corte de 28 mil funcionários para o próximo ano. Este número agora passou para 32 mil

0
1009
Walt Disney ganhou processo judicial contra mãe de autista (Foto: Wikimedia Commons)
Walt Disney World, Orlando, Flórida (Foto: Wikimedia Commons)

A Walt Disney World anunciou na quarta-feira (25) o aumento no número de demissões previstas para a primeira metade do ano fiscal de 2021, que já começou no mês passado.

A empresa escreveu em um documento da Securities and Exchange Commission que cerca de 32 mil funcionários que trabalham majoritariamente nos parques serão dispensados, em vez dos 28 mil anunciados inicialmente.

A decisão inclui os parques temáticos da Flórida e da Califórnia. A empresa também disse que cerca de 37 mil empegados já estão em licença como resultado do “impacto do covid-19”.

“Devido ao clima atual, incluindo os impactos da pandemia e as mudanças no ambiente no qual estamos operando, a empresa está limitando a contratação para funções críticas de negócios, providenciando licenças e reduções na força de trabalho”, comunicou na semana passada.

Em agosto, a Disney informou que os prejuízos causados pela pandemia nos cofres da empresa somaram $ 3,5 bilhões a menos no último trimestre.