DJ brasileiro paga fiança e é libertado pela Imigração

Anderson Batista foi preso por agentes federais quando saía do prédio da Corte Distrital de Marlborough (MA)

0
3376
Anderson-Batista foi detido na porta da Corte em MA
Anderson Batista foi detido na porta da Corte em MA (Foto: Arquivo pessoal)

Após ficar detido pelo US Immigration and Customs Enforcement (ICE) durante pouco mais de 1 mês, Anderson Batista, popularmente conhecido como DJ Anderson Rodeio, foi liberado. Ele foi preso em 27 de novembro, quando saía do prédio da Corte Distrital de Marlborough, Massachusetts. As informações são do Brazilian Voice e blog Mundo Yes.

Batista detalhou que entrou nos EUA em setembro de 2016 portando o visto J-1, o qual permitiu trabalhar e estagiar numa fazenda em Iowa. Ele então decidiu se mudar para Massachusetts onde tem parentes. Ele detalhou ao blog que nunca teve anteriormente problemas com a justiça ou o ICE.

Em 27 de novembro, Batista compareceu à audiência em decorrência de uma discussão ocorrida entre ele e a então namorada poucos meses antes, na cidade de Marlborough (MA) e acabou sendo preso pelo ICE.

“Não houve agressão nem da minha parte e nem da parte dela. O que aconteceu foi um desentendimento que é comum a qualquer casal”, disse Anderson, frisando que a ex-namorada o ajudou durante o período em que esteve preso.

Um dia após o Natal, durante uma audiência no tribunal de imigração, a fiança de $10 mil foi estipulada e paga e o DJ foi liberado.