Dólar cai e fecha a menos de R$5,00 pela primeira vez desde junho do ano passado

Momento é propício para quem vai viajar do Brasil para os EUA ou pretende fazer compras em dólar

0
968
Pacote é o meio-termo das propostas Democrata de $ 2,4 trilhões e Republicanas de $ 500 bilhões. (Foto: Pixabay)
Valor do dólar está em queda (foto: Pixabay)

Pela primeira vez desde 30  junho do ano passado, o dólar fechou abaixo de R$5,00. Na segunda-feira (21), a moeda americana estava cotada em R$ 4,9728 e, nesta quarta (23), em R$ 4,922. No acumulado deste ano, a desvalorização da moeda norte-americana é de 11,80%. O momento é propício para quem vai viajar do Brasil para os EUA ou pretende fazer compras em dólar. Entre os motivos para o bom desempenho do real estão a alta das commodities como petróleo, motivada pela guerra entre Rússia e Ucrânia, e a elevação da taxa de juros, que têm estimulado a entrada de investimentos no Brasil.

 De acordo com a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, divulgada nesta terça-feira, a taxa básica de juros do Brasil (Selic) pode aumentar além de 12,75% ao ano. Quanto maior a taxa de juros, maior o ganho oferecido pelas aplicações de renda fixa no Brasil. Isso aumenta o interesse de investidores brasileiros e estrangeiros no país.