Dólar opera em alta e fecha em maior patamar desde outubro a R$ 3.95

Moeda americana chegou a R$ 4,01 na manhã desta quinta-feira; especialistas atribuem alta a atrito entre Bolsonaro e Rodrigo Maia

0
1473
Dólar está operando em alta
Dólar está operando

O dólar comercial opera em alta e chegou a bater R$ 4 na manhã de quinta-feira (28). Depois, passou a subir menos. A moeda americana fechou em forte alta na quarta-feira (27), subindo 2,27%, a R$ 3,9548. Foi o maior patamar de fechamento desde 1º de outubro, quando encerrou a sessão cotado a R$ 4,0174.

As tensões políticas entre o Executivo e o Legislativo continuam afetando o mercado. Na quarta-feira (27), houve uma nova troca de declarações duras entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

A troca de farpas piora o clima político e aumenta a preocupação de investidores com a tramitação da reforma da Previdência. O temor é que o governo não consiga articular os parlamentares para aprovar a proposta, considerada pelo mercado como fundamental para equilibrar as contas públicas do país.

Em audiência no Senado ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que não vai deixar o governo na primeira derrota, mas que pode sair se a reforma e se for reconhecida uma dívida de R$ 800 bilhões da União com os estados. “Se ninguém quiser o serviço, vai ser um prazer ter tentado, mas não tenho apego ao cargo, desejo de ficar a qualquer custo”, afirmou. (Com informações do UOL)