É grande a expectativa de ‘Star Wars: The Last Jedi’, que chega aos cinemas esta semana

Elogiado pela crítica, oitavo episódio da série criada por George Lucas há 40 anos continua a história contada em ‘The Force Awakens’

0
2339
Stars Wars - The Last Jedi
Stars Wars - The Last Jedi

Sob grande expectativa, ‘Star Wars: The Last Jedi’ estreou nos cinemas de todo o mundo na noite de quinta-feira (14). O ritual de abertura – “há muito tempo, em uma galáxia muito, muito distante – se repete há 40 anos, desde que George Lucas alterou para sempre a cultura pop mundial com o primeiro episódio da então chamada Guerra nas Estrelas. As informações são do Portal Uai.

O novo filme, oitavo episódio da saga, continua a história contada há dois anos em ‘The Force Awakens’, que, por sua vez, retomava o enredo encerrado em 1983. A sequência pode confundir quem é menos íntimo ao assunto. Antes de 2015, Star Wars havia rendido duas trilogias ao cinema, uma entre 1977 e 1983, e outra de 1999 a 2005. No entanto, a trama da primeira, composta pelos episódios quatro, cinco e seis, é cronologicamente anterior à da virada do milênio.

A continuidade começou em 2012, quando os estúdios Disney compraram a Lucasfilm, dispostos a alavancar novas produções e explorar a marca comercialmente. O primeiro longa saiu três anos depois, reunindo não só personagens, parte do elenco de quatro décadas atrás, além de introduzir novas figuras. Um deleite tanto para os fãs mais antigos quanto para os novatos. Com investimento pesado da Disney em produtos de vestuário, brinquedos, séries animadas e tudo mais que possa ser vendido com referência ao universo criado por George Lucas, Star Wars deixou de ser assunto “cult” e “nerd” para conquistar um exército ainda maior de entusiastas de todas as idades. Com orçamento na casa dos $200 milhões, o filme agradou à crítica nos EUA.

A direção desta vez é de Rian Johnson que tem a missão de substituir J. J. Abrams, diretor do filme anterior, e George Lucas, mentor da trama toda e responsável pelos seis primeiros longas. O filme dá sequência à jornada da jovem Rey (Daisy Ridley). Ela descobriu seus poderes ligados à “força” no último filme, mas ainda é atormentada por mistérios em torno de seu passado. O novo embate será contra o vilão Kylo Ren (Adam Driver), que, por sua vez, é neto do mítico Darth Vader e um dos líderes da Primeira Ordem, movimento totalitário que tomou o controle da galáxia.

Rey buscará ajuda de Luke Skywalker, herói da primeira trilogia, novamente interpretado por Mark Hammil. Passados mais de 30 anos, ele agora é um mestre ancião, recluso em um planetoide ermo depois de uma grande frustração que deve ser agora revelada, dando a Luke grande importância na trama. A nostalgia ganhará um tom mais emocionante pela presença de Carrie Fisher, em seu eterno papel da princesa Leia, agora promovida a general da Resistência, grupo que combate a Primeira Ordem. Fisher faleceu em dezembro de 2016, após sofrer um ataque cardíaco. A atriz havia gravado todas as suas cenas no filme. Durante a pré-estreia, ela foi homenageada, levando às lágrimas colegas de elenco e o público.