Chance de recessão econômica nos EUA em 2023 é 40%, diz Bank of America

Projeção ocorre em meio à combinação de um crescimento econômico fraco e uma inflação elevada no país

0
5099
Crescimento do PIB deve ser insignificantes no segundo semestre do próximo ano, segundo o banco (foto: Flickr)

Analistas financeiros do Bank of America Global Research avaliaram na sexta-feira (17), que os EUA têm 40% de chance de entrar em recessão em 2023. De acordo com eles, a projeção ocorre em meio à combinação de um crescimento econômico fraco e uma inflação elevada no país. Para este ano, os especialistas preveem que economia deve permanecer estável.

Em nota enviada a alguns clientes e obtida pela agência Reuters, o BoFA criticou o Federal Reserve por não ter se movimentado antes para aumentar as taxas de juros em um esforço para conter a inflação. Segundo a instituição, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) dos EUA deve ser insignificantes no segundo semestre do próximo ano e uma recuperação “modesta” ocorrerá em 2024. Neste cenário, as taxas de juros podem passar de 4%, antes de a inflação se estabilizar em cerca de 3% – superior à meta de 2% do Fed.

“Nossos piores temores foram confirmados. Eles [Fed] ficaram muito atrás da curva e agora estão jogando um jogo perigoso de recuperação”, escreveu Ethan Harris, economista do banco.

Na última quarta-feira (15), o Federal Reserve aumentou a taxa de juros em 0,75 ponto percentual; o terceiro aumento este ano e o maior desde 1994.  Os economistas do Bank of America também associam a guerra na Ucrânia e os bloqueios relacionados ao covid-19 ao lento desempenho econômico do país.