Empresa de Orlando ameaça funcionários de demissão caso Trump perca as eleições

O dono da empresa assumiu o envio de uma carta aos funcionários e disse que tem "feito isso há anos"

0
1980
Carta enviada aos funcionários foi obtida pela WESH TV, afiliada à ABC Orlando (foto: reprodução)
Carta enviada aos funcionários foi obtida pela WESH TV, afiliada à ABC Orlando (foto: reprodução)

Trabalhadores da empresa Daniels Manufacturing Corporation (DMC), localizada em Orlando, relataram ao canal de televisão WESH, afiliado à ABC, que receberam cartas da presidência da companhia sugerindo que eles serão demitidos “se o candidato democrata Joe Biden vencer a eleição presidencial”.

De acordo com o canal de televisão, o presidente da DMC, George Daniels, enviou o comunicado juntamente com recibos de pagamentos recentes feitos aos trabalhadores, dizendo: “Se Trump e os Republicanos ganharem a eleição a DMC poderá continuar operando. No entanto, se Biden e os Democratas vencerem, a DMC pode ser forçada a iniciar demissões permanentes no final de 2020 e/ou no início de 2021”.

A medida causou reações nos funcionários da companhia. “Cada um tem a opção de fazer sua própria decisão”, disse Stan Smith, um dos empregados.

Em nota enviada à WESH, o presidente da empresa assumiu a autoria da carta dizendo: “Tenho feito isso há anos. Tenho a obrigação de informar aos trabalhadores o que pode acontecer, com base no resultado de uma eleição”.

O empresário já contribuiu individualmente com quase $139 mil dólares para a campanha de Trump , segundo a reportagem.

A DMC tem sede em Orlando e é fabricante de ferramentas de aplicação para a indústria aeronáutica, aeroespacial e eletrônica com uma experiência de oito décadas no ramo, segundo o site da empresa.